PUBLICIDADE
Topo

Internacional

De aposta à corrente falha: 6 vezes que Rodinei foi 'uma figura' no Inter

Rodinei, do Inter, é "uma figura" e importante para o elenco fora de campo - Ricardo Duarte/Inter
Rodinei, do Inter, é "uma figura" e importante para o elenco fora de campo Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

13/01/2021 04h00

Classificação e Jogos

Rodinei é 'uma figura'. Contra essa afirmação restam poucos argumentos. Independentemente de ser criticado ou elogiado pelo rendimento em campo, o lateral direito do Internacional é positivo para o grupo, conquistou a todos no Beira-Rio, e mostra com atitudes que o jeito brincalhão faz parte de sua rotina.

Quando foi contratado, o ambiente que o jogador de 28 anos traz aos elencos dos quais participa foi um dos fatores levados em conta. O histórico que tinha no Flamengo, por exemplo, mostrava que sua presença era positiva fora de campo, tanto quanto, ou talvez até mais, dentro dele.

No Beira-Rio, a trajetória não tem sido diferente. Por isso, a reportagem do UOL Esporte separou seis vezes que Rodinei provou ser "uma figura".

Reclamação pela falta de câmera

Rodinei fez apenas um gol pelo Inter. E na hora de comemorar, procurou uma câmera e... Não achou. Depois do jogo contra o Atlético-GO, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o lateral direito utilizou a entrevista na saída de campo para 'reclamar'.

"Ali atrás do gol não tem câmera [apontando para o local]. Eu fui correndo para comemorar, cheguei a procurar", desabafou entre sorrisos.

Rodinei comemora em "corredor" gol do Inter contra o Atlético-GO - Ricardo Duarte/Inter - Ricardo Duarte/Inter
Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Desculpas para a esposa ao vivo

Na mesma entrevista, que sucedeu o jogo contra o Atlético-GO, Rodinei aproveitou e se desculpou com a esposa. A ideia, se achasse a câmera, era prestar homenagem a ela, grávida de mais uma filha do casal. Mas não foi possível.

"Quero dedicar o gol para minha esposa, que está grávida de quatro meses [em novembro], Ana Carolina, que está esperando mais uma filha. Eu iria comemorar para ela, mas o pessoal acabou fazendo o corredor, que é uma brincadeira que fazemos nos treinos. Quero pedir desculpas para ela, mas ali atrás do gol não tem câmera", falou.

Corrente falha no Instagram

Durante o período de paralisação do futebol em razão da pandemia do novo coronavírus, uma corrente pelo Instagram virou febre entre os jogadores. Tratava-se de realizar embaixadinhas com rolo de papel higiênico. Um atleta ia desafiando o outro, que desafiava outro e assim por diante.

Rodinei foi desafiado por Henrique Dourado, ex-Flamengo. E, ao contrário de muitos atletas profissionais e amadores, que fizeram questão de esbanjar técnica e malabarismos, ele usou o bom humor.

Na primeira tentativa, utilizou o braço, o ombro, e depois desistiu. Na segunda, chutou uma cadeira e saiu mancando, arrancando risos em vários colegas que comentaram a publicação.

Aposta com Praxedes

As câmeras realmente fazem bem para Rodinei. Ele se sente totalmente à vontade quando vai dar entrevistas, ou fazer qualquer publicação em redes sociais. Na vitória sobre o Goiás, no último domingo (10), depois de dar assistência para o primeiro gol de Praxedes no time principal, ele não titubeou e cobrou uma aposta do colega.

"Primeiro, ele [Praxedes] tem que me pagar R$ 2 mil que a gente apostou. Eu falei: quem iria fazer mais gols em 2020. Eu fiz contra o Atlético-GO, ele ainda não tinha feito. Agora, temos outra aposta, até o final do campeonato, ele está na frente, mas está me devendo", disparou Rodinei aos veículos de comunicação do Inter.

Ajuda a "concorrentes"

Um time de futebol tem naturalmente uma concorrência forte por posição. A titularidade é alvo de qualquer atleta. Mas Rodinei não se omite ao ajudar os "rivais" por posto na equipe. Seja com Heitor ou Mazetti, jovens laterais do grupo que miram o posto hoje ocupado por ele, o mais velho costuma ter ótimo relacionamento, passar dicas e contribuir de alguma forma para o crescimento profissional dos garotos.

Quem aguenta ele agora?

E o grupo recebe muito bem o comportamento dele. Tanto que, depois do golaço no jogo contra o Atlético-GO — aquele que rendeu desculpas para esposa e reclamação sobre a falta de câmeras atrás do gol — já no vestiário, D'Alessandro disparou: "Quem aguenta ele agora?". Bem, acho que todos aguentaram.

Internacional