PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Busca pela tríplice coroa no Palmeiras pode render bônus de R$ 150 milhões

Jogadores do Palmeiras abraçam Weverton após a classificação à final da Libertadores - Staff Images/Conmebol
Jogadores do Palmeiras abraçam Weverton após a classificação à final da Libertadores Imagem: Staff Images/Conmebol

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

13/01/2021 12h00

Classificação e Jogos

A dramática classificação para a final da Libertadores faz com que o Palmeiras mantenha vivo o sonho da tríplice coroa na temporada. Já campeão paulista, o time está nas finais da competição continental e da Copa do Brasil. Além das taças, conquistar os dois torneios pode render pouco mais de R$ 150 milhões ao clube.

A Libertadores dá US$ 15 milhões (R$ 79,8 milhões) de prêmio ao campeão — além disso, o contrato com a Crefisa prevê mais R$ 12 milhões como recompensa. Na pior das hipóteses, o Verdão já embolsará US$ 6 milhões (R$ 31,9 milhões) da Conmebol, pelo vice-campeonato.

Na Copa do Brasil, a bonificação é de R$ 54 milhões ao vencedor, e o contrato com a patrocinadora ainda dá mais R$ 6 milhões pela conquista. O vice-campeão tem direito a R$ 22 milhões, quantia que Grêmio e Palmeiras tentam receber antecipadamente.

Os R$ 150 milhões equivalem aos prêmios dos dois títulos pagos pelas competições e pela patrocinadora — em agosto, o Verdão recebeu R$ 9 milhões da Federação Paulista e Crefisa pelo Paulista. Os resultados estão acima da previsão orçamentária de 2020, que contava, por precaução, com campanhas até as quartas nas duas competições em que é finalista.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o Verdão tem tido uma temporada complicada financeiramente e até novembro tinha um prejuízo de R$ 135 milhões. As possíveis premiações, porém, só devem entrar no balanço de 2021.

Depois de eliminar o River Plate na semifinal da Libertadores, o Verdão aguarda o vencedor do confronto entre Santos e Boca Juniors (ARG), que definem o segundo finalista hoje (13), às 19h15, na Vila Belmiro. As equipes ficaram no 0 a 0, na ida, na Bombonera. A final ocorrerá dia 30, no Maracanã.

Já na Copa do Brasil, as datas previstas para a decisão eram 3 e 10 de fevereiro. A CBF, porém, comunicou na segunda (11) que se o Verdão avançasse na Libertadores iria adiar o confronto para 11 e 17 fevereiro. Ainda há a chance de o embate com o Grêmio ser transferido novamente, caso o time conquiste o bicampeonato continental.

Palmeiras