PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Abila e Marinho se abraçam após polêmicas sobre racismo

Marinho e Abila se abraçam após polêmica de racismo  - Transmissão Fox Sports
Marinho e Abila se abraçam após polêmica de racismo Imagem: Transmissão Fox Sports

Colaboração para a UOL, em São Paulo

13/01/2021 21h14

Marinho e Ábila protagonizaram um dos encontros mais esperados da partida entre Santos e Boca Juniors na semifinal da Libertadores da América. O motivo foi o fato do atacante do Boca Juniors ter ironizado, no começo da semana, as críticas e as denúncias envolvendo racismo citando o atacante Marinho, do Santos.

Em entrevista após o duelo do clube contra o Argentinos Juniors, o jogador foi questionado sobre troca de camisas após a partida com os brasileiros ocorrida na quarta-feira (6), válida pela semifinal da Libertadores.

Ao ser perguntado se havia trocado o seu uniforme com o goleiro John — que testou positivo para o coronavírus depois do duelo —, Ábila negou e emitiu a seguinte frase: "Troquei com o Marinho, com o negro, eu o conheço. Bom... com o moreno, porque agora se você fala 'negro', te denunciam. Mas é carinhosamente. Se sou eu que digo 'negro' o que sobra para os outros, não?", afirmou o atacante.

Na volta para a segunda etapa, com o placar positivo para o Santos, os dois atacantes se abraçaram e trocaram sorrisos nos gramados da Vila Belmiro, desviando qualquer tipo de polêmica.

Procurado pelo UOL Esporte, o Santos declarou que "a princípio" não se posicionará sobre o assunto. A reportagem também busca um posicionamento de Marinho.

Futebol