PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Erros na 'saidinha' até com Daniel Alves custam pontos e ameaçam São Paulo

Daniel Alves disputa a bola com Lucas Braga no clássico entre São Paulo e Santos - Marcello Zambrana/AGIF
Daniel Alves disputa a bola com Lucas Braga no clássico entre São Paulo e Santos Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo

11/01/2021 04h00

Os seguidos erros na saída de bola estão custando caro ao São Paulo no Campeonato Brasileiro. Nos jogos contra o Red Bull Bragantino e Santos, o Tricolor falhou ainda no campo de defesa, com a bola nos pés, e acabou derrotado. Os tropeços contribuíram para que a gordura construída há algumas rodadas fosse queimada e adversários como o Internacional encostassem na tabela de classificação.

Na semana passada, o São Paulo conheceu uma de suas piores derrotas no Brasileirão ao ser superado por 4 a 2 em Bragança Paulista. Dois dos gols da equipe do interior nasceram de falhas do Tricolor na construção de jogadas a partir de seu campo, de pé em pé —o problema, no caso, é que a bola foi parar nos pés de jogadores adversários. Primeiro foi com Daniel Alves na entrada da área e depois, já no fim do primeiro tempo, foi a vez de Diego Costa cometer o mesmo erro e entregar a bola.

Diante do Santos, ontem, o roteiro da derrota foi escrito de forma similar. Nos primeiros segundos do segundo tempo, Daniel Alves e Gabriel Sara bateram cabeça ainda no campo de defesa e perderam a bola para Jobson. O meio-campista armou o contra-ataque e depois apareceu dentro da área, com a defesa desmontada, para dar a vitória ao Peixe no clássico San-São.

Fernando Diniz minimizou os erros de sua equipe e afirmou que as derrotas são circunstanciais, embora tenham sido criadas em falhas individuais de seus jogadores. Em coletiva no Morumbi, o treinador fez questão de defender Daniel Alves e deu carta branca para o camisa 10 manter o estilo de jogo.

"Erra porque tenta. Se colocar quantidade de acertos e erros do Daniel, é uma goleada tremenda (dos acertos). Em certos momentos, vamos errar. Ele tem a coragem e a confiança para fazer. Tem a minha confiança para tentar", afirmou o treinador.

Em meio aos erros, o São Paulo estacionou nos 56 pontos no Campeonato Brasileiro e viu o Internacional chegar aos 53 no último fim de semana e encostar na tabela de classificação. O Atlético-MG, terceiro colocado, soma 49 pontos, mas tem dois jogos a menos do que o Tricolor do Morumbi.

São Paulo