PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Abel Ferreira: "Foi uma das vitórias mais saborosas que tive no Palmeiras"

Abel Ferreira comanda time do Palmeiras na Ilha do Retiro - Paulo Paiva/AGIF
Abel Ferreira comanda time do Palmeiras na Ilha do Retiro Imagem: Paulo Paiva/AGIF

Do UOL, em São Paulo

09/01/2021 23h09

Classificação e Jogos

O técnico Abel Ferreira demonstrou muita satisfação com a exibição de seus jogadores na vitória por 1 a 0 sobre o Sport, hoje (9), na Ilha do Retiro, válida pela 29ª rodada do Brasileirão. Ao tentar se esquivar quando questionado sobre a possibilidade de o Palmeiras ainda ter condições de brigar pelo título do Brasileirão, o português disse que o triunfo no Recife foi um dos mais "saborosos" que conquistou desde que chegou ao Alviverde, há pouco mais de dois meses.

"Como o grande clube que somos, acredito que o mais importante é sempre o próximo jogo. Minha intenção a cada jogo é apresentar a equipe em sua máxima força, podem ter certeza disso. Foi essa máxima força que nos garantiu hoje os três pontos e é isso que vamos continuar a fazer. No final do campeonato, vamos ver o que é melhor, mas o importante agora é conquistar pontos jogo a jogo. Quero dizer também que, para mim, como treinador, essa foi uma das vitórias mais saborosas desde cheguei ao Palmeiras", afirmou.

Abel também afirmou que os dias de descanso no final do ano pouco impactaram positivamente na parte física de seu elenco, mas ressaltou a importância desse período para a saúde mental do grupo palmeirense, pela oportunidade de passar mais tempo com a família.

"Da parte física, não, porque esse é um tempo muito curto para uma equipe que está a competir há muitos meses, com 9 ou 10 jogos por mês. Mas essa é a mentalidade, temos que jogar cansados, apelar para o nosso espírito de superação. Pela parte mental, porém, foi muito importante estar mais próximo de nossas famílias. O tempo ao lado deles é precioso. Dedicamos muito tempo ao Palmeiras, então nessa densidade competitiva ficamos mais fora do que com eles. Eu mesmo gostaria de ter desfrutado mais de minha família agora quando eles estiveram aqui, mas metade do tempo eu estive fora. Foi duro, mas na vida, quando queremos atingir um objetivo, há certos sacrifícios que temos que fazer para obter a recompensa no futuro. Mas aproveitamos bem esses momentos para viver com mais intensidade as nossas famílias", afirmou o português.

Por fim, Abel respondeu à imprensa portuguesa sobre a torcida que tem recebido em seu país natal e driblou a inevitável comparação entre sua trajetória e a impecável passagem de Jorge Jesus pelo Flamengo.

"Acredito que minha melhor versão está sempre para chegar, acredito que tenho que ser minha melhor versão todos os dias, acredito que tenho que servir ao clube da melhor maneira, dando o melhor de mim. Não gosto de fazer comparações, porque meu trabalho não é o dos outros. Dependo do meu trabalho, dos meus jogadores e da estrutura que tenho em mãos que, como eu já disse, são as melhores, para que possamos dar o nosso melhor e vencer. Esse é um clube muito grande e acostumado com vitórias, com uma torcida que sempre quer ganhar, então minha preocupação é olhar para mim, corrigir meus erros e dar o melhor de mim, com minhas virtudes e defeitos, para servir ao clube e ajudar os jogadores".

O Palmeiras de Abel Ferreira volta a campo na terça (12), quando no Allianz Parque tentará confirmar a vantagem construída na vitória por 3 a 0 contra o River Plate, em Avellaneda, para conquistar uma vaga na final da Copa Libertadores.

Futebol