PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Brenner decide, São Paulo vence Flu e dispara na liderança do Brasileiro

Do UOL, em São Paulo

26/12/2020 22h50

O São Paulo venceu o Fluminense por 2 a 1, hoje (26), no Maracanã, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, e mantém folga na liderança do Campeonato Brasileiro. O Tricolor agora soma 56 pontos, sete a frente do Atlético-MG, segundo colocado, com 49. Brenner, artilheiro do time em 2020, decidiu o jogo ao marcar os dois gols do tricolor paulista. Fred descontou para o Flu.

Após vencer o Fluminense, o São Paulo agora volta a focar na Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira (30), o time de Daniel Alves e companhia disputa o jogo de volta da semifinal, diante do Grêmio, no Morumbi. Os são-paulinos precisam reverter vantagem dos gaúchos, que venceram o jogo de ida, por 1 a 0, em Porto Alegre.

O Fluminese só volta a campo no dia 6 de janeiro, quando joga o clássico contra o Flamengo, pelo Brasileiro.

Quem foi bem: Brenner marca duas vezes

Brenner - Jorge Rodrigues/AGIF - Jorge Rodrigues/AGIF
Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF

Brenner marcou os dois gols do São Paulo no jogo. O atacante manteve o "faro de gol" em 2020. Ele chegou ao seu 11º gol no Brasileiro e ao 22º segundo na temporada.

Quem foi mal: Wellington Silva comete erro fatal

Wellington Silva cometeu erro fatal ao tentar "virar o jogo" e perder a bola. O lance resultou no gol de Brenner. Além disso, o atacante foi pouco útil no setor ofensivo.

Reinaldo é "rei da assistência"

O lateral Reinaldo somou 11 assistências a gol no São Paulo em 2020 com o cruzamento perfeito para o gol de Brenner. Além disso, o jogador foi perigoso durante todo o jogo, apoiando o ataque e armando jogadas.

Cronologia do jogo

Flu x SP - Jorge Rodrigues/AGIF - Jorge Rodrigues/AGIF
Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF

O São Paulo dominou o Fluminense no primeiro tempo, com troca de passes rápidos e velocidade. Além disso, a troca de posições dos atletas envolveram o time carioca. O entrosamento são-paulino não demorou muito para resultar em gol. Aos 14 minutos, após erro de Wellington Silva na saída de bola, e triangulação do time de Diniz, Reinaldo cruzou para Brenner abrir o placar de carrinho, na segunda trave do goleiro. Após o gol, o São Paulo manteve o domínio com troca de passes rápidos e contra-ataques perigosos. O Fluminense praticamente não assustou a equipe paulista no primeiro tempo.

No segundo tempo, o São Paulo manteve a pressão, inclusive, adiantou a marcação. Parecia que o time paulista continuaria com a facilidade para jogar da primeira etapa, mas Sara errou passe na saída de bola e "entregou" para Fred para empatar. Com o gol de empate, os cariocas se fecharam mais e passaram a atuar na transição. Além disso, o time de Diniz sentiu desgaste físico no segundo tempo, fato que equilibrou o jogo. Mesmo assim, Brenner marcou o segundo do São Paulo após contra-ataque em velocidade e definiu a partida.

Fred não perdoa

Fred - Jorge Rodrigues/AGIF - Jorge Rodrigues/AGIF
Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF

O experiente Fred marcou um belo gol de fora da área em chute forte no ângulo de Volpi. O centroavante não perdoou após falha de Gabriel Sara, que errou passe na saída de bola e "entregou" para o veterano empatar. Mas o gol não foi o suficiente para os cariocas pontuarem na rodada.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 2 SÃO PAULO

Data e horário: 26/12/2020, às 21h 9de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Gols: Brenner aos 14 do 1º primeiro tempo e aos 26 do 2º tempo (São Paulo); Fred aos seus do 2º tempo (Fluminense)

Cartões amarelos: Nino, Danilo Barcelos e Yuri (Fluminense); Luan (São Paulo)

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Matheus Ferraz e Danilo Barcelos; Yuri (Miguel), Yago Felipe e Michel Araújo (Felippe Cardoso); Wellington Silva (Caio Paulista), Marcos Paulo (Lucca) e Fred.
Técnico: Marcão

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan (Rodrigo Nestor), Daniel Alves, Gabriel Sara (Toró) e Igor Gomes (Vitor Bueno); Brenner (Hernanes) e Luciano (Pablo).
Técnico: Fernando Diniz.

Futebol