PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

RMP: "São Paulo teve uma exibição de campeão contra o Atlético-MG"

Do UOL, em São Paulo

17/12/2020 00h53

No duelo entre os líderes do Campeonato Brasileiro, o São Paulo venceu o Atlético-MG no Morumbi, devolvendo os 3 a 0 do primeiro turno para abrir novamente sete pontos de vantagem para o clube mineiro e o Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte — com os jornalistas Vinicius Mesquita, Alicia Klein, José Trajano e Renato Maurício Prado — analisa os principais aspectos da vitória são-paulina e como fica a briga pelo título, além de comentários sobre a goleada do Santos sobre o Grêmio e a classificação para as semifinais da Libertadores.

Para Renato Maurício Prado, o time comandado por Fernando Diniz conseguiu diante do Atlético-MG uma vitória digna de time campeão, com um domínio da estratégia armada pelo time do São Paulo para desbancar Jorge Sampaoli e boas atuações individuais que deixam o clube mineiro mais distante na luta pelo título e o líder em condição mais confortável, podendo ter como principal concorrente o Flamengo.

"Foi uma vitória de um time que realmente merece ser considerado como favorito para ganhar esse campeonato, porque é o líder contra o vice-líder, o Atlético-MG que todo mundo acreditava que em determinado momento era até o mais forte candidato por estar jogando só o Brasileiro, Sampaoli com todo o seu trabalho, e hoje o Fernando Diniz passou o Sampaoli a ferro no Morumbi", afirma Renato.

"Grande vitória do São Paulo, espetacular, alguns jogadores com atuações individuais sensacionais, o Tchê Tchê jogou uma barbaridade e vários outros, Arboleda jogou muito, Daniel Alves jogou muito", completa.

O jornalista diz que o São Paulo mostrou que está forte na busca pelo título que não conquista há 12 anos, com uma vitória convincente e que pode tirar da briga um dos principais concorrentes. Ele considera que Diniz foi muito bem na armação do time, enquanto Sampaoli errou em sua estratégia para a partida.

"Sampaoli foi muito mal na minha maneira de ver, inventou três zagueiros para jogar contra um time ue só tinha um atacante, porque o Diniz, ao contrário, preferiu abrir mão do segundo atacante, que seria teoricamente o Pablo no lugar do Luciano para entrar com o Tchê Tchie, reforçou o meio-campo", analisa Renato.

"Foi uma exibição de campeão, o que não quer dizer que vai ser campeão, porque ainda tem o Flamengo teoricamente a dois pontos se vencer os dois jogos que deve para a tabela em relação ao São Paulo, mas deu um passo importantíssimo e, principalmente, na minha opinião, afastou o Atlético-MG da briga pelo título, porque com 7 pontos atrás e jogando esse futebolzinho de totó que jogou hoje, não vai a lugar nenhum", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol