PUBLICIDADE
Topo

Futebol

São Paulo faz 3 a 0 no Atlético-MG e abre sete pontos no Brasileirão

Do UOL, em Belo Horizonte e São Paulo

16/12/2020 23h24

Classificação e Jogos

O São Paulo venceu o Atlético-MG por 3 a 0 na noite de hoje (16), e voltou a se distanciar na classificação do Campeonato Brasileiro 2020. Igor Gomes, Gabriel Sara e Jonas Toró fizeram os gols da partida válida pela 26ª rodada no Morumbi. O placar foi idêntico ao obtido pelo adversário no jogo do primeiro turno.

Com o resultado, o Tricolor paulista chega a 53 pontos e abre sete de vantagem para o Galo, vice-líder com 46. O Flamengo pode assumir a segunda posição no fim de semana se vencer o Bahia no Maracanã.

O São Paulo volta a jogar na próxima quarta-feira (23), quando enfrentará o Grêmio pela partida de ida da semifinal da Copa do Brasil. O Atlético só entrará em campo em 26 de dezembro, diante do Coritiba, pela 27ª rodada do Brasileirão.

Quem foi bem: Igor Gomes

Com um posicionamento diferente, Igor Gomes atuou mais próximo do gol na noite de hoje. O garoto foi escalado ao lado de Brenner no ataque do São Paulo. Na nova função, teve liberdade ofensiva e ficou com menos obrigações de recomposição defensiva. O jovem teve boa participação na partida ocorrida no Morumbi e foi agraciado com um golaço de fora da área ainda no primeiro tempo. Ele havia marcado pela última vez na vitória por 3 a 0 sobre o Goiás, em 3 de dezembro passado.

Quem foi mal: Igor Rabello

O sistema do Atlético-MG com três zagueiros não deu certo no Morumbi, tanto que Sampaoli desfez essa estratégia ainda no intervalo. O argentino sacou Igor Rabello, que foi mal, e acionou Alan Franco. Rabello perdeu disputas importantes de bola contra o ataque do São Paulo e errou na marcação no lance que originou o gol de Igor Gomes.

Tchê Tchê entra como surpresa e se destaca com assistência

Fernando Diniz surpreendeu ao escalar Tchê Tchê como titular do São Paulo na vaga de Luciano, que sofreu um estiramento muscular na coxa esquerda. Acionado para a vaga do atacante, o meio-campista foi um dos destaques do compromisso. Ele se posicionou muito bem nas duas metades do campo e criou boas chances de balançar a rede adversária. Em uma das jogadas, deu passe para Igor Gomes abrir o placar no jogo ocorrido no Morumbi.

Atuação do São Paulo

O São Paulo teve dois tempos distintos na noite de hoje. Com mais posse de bola e volume de jogo, o mandante criou boas chances de balançar a rede de Everson. Brenner, Gabriel Sara, Tchê Tchê e Daniel Alves levaram perigo à meta do Atlético-MG. Igor Gomes também foi importante e, inclusive, deixou a sua marca no duelo. A boa apresentação dos atletas permitiu que o time fosse superior nos 45 minutos iniciais, com cinco finalizações a gol. A situação foi modificada na volta do intervalo. Acuado, o Tricolor paulista passou a atuar em contra-ataques. Entretanto, não sofreu tantos lances de perigo e soube segurar o rival. Após a expulsão de Allan, o São Paulo voltou a dominar o jogo e garantiu o triunfo.

Atuação do Atlético-MG

O técnico Sampaoli apostou na escalação de saída com três zagueiros e a entrada do jovem Calebe, de 20 anos, no meio-campo. Mas o que se viu nos primeiros 45 minutos de jogo foi uma estratégia que não deu certo. E esse erro por parte do treinador acabou influenciando no desempenho geral do Galo na partida. O time preto e branco perdeu profundidade e não teve volúpia, que é uma de suas principais características sob o comando de Sampaoli. A trinca ofensiva do Galo foi pouco municiada e quando houve alguma chance essa era desperdiçada. Já com 1 a 0 para o São Paulo as dificuldades atleticanas eram latentes, pois tinha que "correr atrás do prejuízo" com uma escalação que minou as potencialidades do time. No segundo tempo o técnico Sampaoli tentou corrigir o erro, mas a forte marcação do Tricolor foi um fator complicador. A perda de Allan, expulso após levar o segundo amarelo, terminou de arruinar a noite atleticana. Com um a mais o São Paulo ainda deu o golpe de misericórdia com mais dois gols, tirando qualquer sonho de reação dos mineiros.

Cronologia do jogo

Igor Gomes abriu o placar aos 25 minutos da primeira etapa. O meio-campista recebeu passe de Tchê Tchê e estufou a rede de Everson em uma finalização de fora da área.

Allan recebeu o segundo cartão amarelo aos 29 minutos do segundo tempo e foi expulso do jogo. Ele foi punido com o cartão vermelho por causa de uma falta em Daniel Alves.

Gabriel Sara garantiu a vitória aos 37 minutos do segundo tempo. O meia-atacante recebeu passe de Vitor Bueno, que entrou na vaga de Tchê Tchê, e estufou a rede de Everson no compromisso.

Já nos acréscimos, mais precisamente aos 46 minutos do segundo tempo, Jonas Toró marcou o terceiro do São Paulo e garantiu o resultado positivo para o mandante no compromisso.

Ficha técnica
São Paulo 3 x 0 Atlético-MG

Motivo: 26ª rodada do Brasileirão
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 16 de dezembro de 2020 (quarta-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Assistentes do VAR: Jefferson Ferreira de Moraes (GO) e Flavio Gomes Barroca (RN)

Cartão amarelo: Tchê Tchê, Bruno Alves (São Paulo); Guilherme Arana, Junior Alonso, Allan (Atlético-MG)

Cartão vermelho: Allan, aos 29 minutos do 2º tempo (Atlético-MG)

Gol(s): Igor Gomes, aos 25 minutos do 1º tempo (1-0); Gabriel Sara, aos 37 minutos do 2º tempo (2-0); Jonas Toró, aos 46 minutos do 2º tempo (3-0)

São Paulo: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê (Vitor Bueno), Daniel Alves e Gabriel Sara (Hernanes); Igor Gomes (Jonas Toró) e Brenner (Pablo). Técnico: Fernando Diniz.

Atlético-MG: Everson; Guga, Gabriel, Junior Alonso, Igor Rabello (Alan Franco) e Guilherme Arana; Allan e Calebe (Eduardo Sasha); Savarino (Zaracho), Vargas (Marrony) e Keno (Nathan). Técnico: Jorge Sampaoli.

Futebol