PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Escurinho, ídolo do Fluminense, morre aos 90 anos

Escurinho, ídolo do Fluminense - Divulgação/Fluminense
Escurinho, ídolo do Fluminense Imagem: Divulgação/Fluminense

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

12/12/2020 14h58

Classificação e Jogos

Morreu hoje (12), aos 90 anos, o ex-ponta-esquerda Escurinho, ídolo do Fluminense. Ele sofria de mal de Alzheimer e estava internado. De acordo com o clube carioca, a causa da morte foi falência múltipla dos órgãos.

Benedito Custódio Ferreira, o Escurinho, é o quinto jogador com mais partidas pelo Tricolor. Entre 1954 e 1964, ele entrou em campo 490 vezes, marcando 110 gols.

Pelo clube carioca, Escurinho conquistou o Campeonato Carioca em 1959 e 1964 e o Torneio Rio-São Paulo em 1957 e 1960. O ponta era o grande ídolo de Assis, parceiro de Washington no "Casal 20" que ficaria conhecido anos depois como o "Carrasco" por marcar gols sobre o arquirrival Flamengo em finais de campeonato.

O primeiro clube de Escurinho foi o Villa Nova-MG, time de Nova Lima (MG), cidade onde nasceu. O ponta-esquerda ainda defendeu o Junior Barranquilla, da Colômbia, a Portuguesa e o Bonsucesso antes de se aposentar.

Fluminense