PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Tite se diz orgulhoso com brasileiros em caso de racismo: 'Emblemático'

O técnico Tite durante entrevista coletiva da seleção brasileira - Lucas Figueiredo/CBF
O técnico Tite durante entrevista coletiva da seleção brasileira Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do UOL, em São Paulo

09/12/2020 20h24

O técnico Tite, da seleção brasileira, disse que sentiu orgulho da atitude dos brasileiros do PSG durante o caso de episódio racista do 4° árbitro. O jogo entre PSG e Istanbul Basaksehir, válido pela Liga dos Campeões, foi suspenso ontem e retomado hoje com vitória dos franceses por 5 a 1 no Parque dos Príncipes, estádio da equipe francesa.

"Senti orgulho do Neymar, Marquinhos e Leonardo, que saem juntos, as duas equipes e não voltam depois, uma reação é muito emblemática", disse Tite durante participação no programa "Último Lance", do "Esporte Interativo".

O treinador também fez um desabafo sobre o caso e lembrou de outros jogadores que passaram por situações parecidas no futebol.

"Atos racistas são lamentáveis, inaceitáveis e repugnantes enquanto ser humano. Procurei acompanhar e vir aqui com anotações, acompanhei o Rafael, lateral direito, que está muito próximo ao quarto árbitro no momento. Não tenho condição de entender a língua e a expressão, sei que a forma que se diz, a veemência, tom de voz, expressão corporal, fala mais do que aquilo que se diz", disse Tite. "Aí vê Neymar, Demba Da, Marquinhos tendo manifestação contundente é porque houve algo que feriu a todos. Há momentos em que a gente já cansou de ver, com Aranha, Tinga, Tyson e Dentinho, Lukaku, Balotelli, Elias, não devemos negar. Aceitar uma verdade e a partir dai qual é a solução? Aí fecho com uma observação do Tinga. 'A gente não nasce racista, aprende a ser racista, um caso de educação. Acredito em educação, a médio e longo prazo", completou.

Neymar melhor do mundo

O show de Neymar na tarde de hoje trouxe novamente a pergunta sobre o momento do craque brasileiro. Ele anotou três gols na vitória desta quarta-feira — o primeiro deles, um golaço com direito a caneta no adversário e finalização colocada para o fundo da rede. Perguntado sobre quem é o melhor do mundo hoje, Tite não titubeou.

"Neymar. Considero ele, De Bruyne e Lewandowski no mesmo patamar. Se tivesse que votar, como votei, o Neymar", respondeu o comandante da seleção.

Nível de Messi

Tite também foi perguntado sobre o nível técnico de Neymar no momento e a comparação com o craque argentino Lionel Messi.

"Criativa, sim. Lúdica, sim. Imprevisível, sim. O Neymar, em condições normais, físicas e técnicas, consegue em momentos decisivos tirar coelho da cartola, aspecto criativo, tem esse poderio do arco e flecha, de finalização. No jogo anterior tinha sido construir, tem essa capacidade, com maturidade emocional potencializa as virtudes técnicas", disse o treinador.

Seleção Brasileira