PUBLICIDADE
Topo

Futebol

De pênalti, Grêmio empata com o Santos nos acréscimos, pela Libertadores

Marinho tenta se livrar da marcação de Kannemann durante Grêmio x Santos pela Libertadores 2020 - Diego Vara - Pool/Getty Images
Marinho tenta se livrar da marcação de Kannemann durante Grêmio x Santos pela Libertadores 2020 Imagem: Diego Vara - Pool/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

09/12/2020 21h20

Santos e Grêmio empataram por 1 a 1 na noite de hoje (9), em Porto Alegre, pelas quartas de final da Copa Libertadores da América. O gol santista foi marcado por Kaio Jorge, aos 35 do primeiro tempo, enquanto o tento tricolor, de pênalti, foi anotado por Diego Souza aos 56 da etapa final, no último lance da partida.

A partida de volta será disputa na próxima quarta (16), às 19h15 (de Brasília), na Vila Belmiro. Por ter marcado fora de casa, o Peixe conta com a vantagem de poder empatar em 0 a 0 para conseguir uma vaga na semifinal.

A equipe santista volta a campo pelo Brasileirão neste domingo (13), às 16h, quando enfrenta o Flamengo, no Maracanã, pela 25ª rodada da competição nacional. Já o Grêmio encara o Goiás, no sábado (12), às 21h, na Serrinha, em Goiânia.

O melhor: Lucas Braga

O jovem atacante teve atuação de veterano e soube, ao lado de Marinho e Kaio Jorge, se destacar como referência de um ataque que não sente partidas decisivas.

Quem não foi bem: Diego Pituca

O volante santista fez uma partida segura, diferentemente do companheiro de setor, Jobson, mas abusou da sorte ao se expor a dois cartões amarelos e colocar em jogo o triunfo do Peixe fora de casa.

Cronologia do jogo

Apesar de estar fora de casa, o Santos tomou a iniciativa e praticamente igualou a posse de bola até a segunda metade do primeiro tempo. Aos 35 minutos, Pará cruzou pela direita e Vanderlei saiu mal para afastar a bola. Felipe Jonatan aproveitou a sobra para cabecear e servir Kaio Jorge, que contou com desvio para abrir o placar para o Peixe.

Três minutos depois, o VAR evitou um erro do árbitro Juan Benitez, que expulsou o gremista Pinares após uma dividida entre ele e o santista Diego Pituca. Ao perceber que o meia tricolor não havia sequer cometido falta, o juiz da partida anulou o cartão vermelho e puniu o jogador do Santos com um amarelo.

O Santos voltou do intervalo novamente superior, criando três oportunidades claras logo nos primeiros cinco minutos.

Pouco tempo depois, Marinho correu o risco e ser expulso após a revisão de um carrinho imprudente no goleiro Vanderlei. A partir disso, o Grêmio gradualmente soube equilibrar o jogo e passou a levar perigo ao gol santista a partir de uma boa falta cobrada pelo ex-santista David Braz.

Aos 56 minutos, em um pênalti de mão na bola marcado com auxílio do VAR após muitos minutos de checagem, Diego Souza sacramentou o empate para o Grêmio.

Atuação do Santos: Santos neutraliza o Grêmio, mas ímpeto cai na segunda etapa

Mesmo sem Soteldo, o Santos soube se adaptar como poucos ao estilo de jogo gremista e foi bastante superior ao Tricolor na primeira etapa, mesmo atuando fora de casa. Com seis finalizações, contra uma do rival, o Peixe abriu o placar com Kaio Jorge e poderia ter praticamente liquidado a partida, minutos depois, caso o erro do árbitro na expulsão de Pinares não tivesse sido corrigido pelo VAR.

No segundo tempo, entretanto, o Grêmio melhorou e passou a levar perigo ao gol do Santos, que soube resistir até o último minuto. Não foi o suficiente. Com um pênalti marcado para o Tricolor gaúcho, no último lance da partida, o Peixe cedeu o empate.

Atuação do Grêmio: Objetividade só aparece no segundo tempo

Vivendo sua melhor fase na temporada, o Grêmio não repetiu as boas atuações das últimas semanas, não soube se impor na primeira etapa e se viu neutralizado pela marcação adversária, sem nenhuma válvula de escape. Mesmo com 58% de posse de bola, o Tricolor finalizou apenas uma vez nos primeiros 45 minutos, sem nem sequer acertar o gol de John.

A postura gremista não mudou imediatamente após o intervalo e o time de Renato Portaluppi sofreu três ameaças de gol logo nos primeiros minutos do segundo tempo. A partir disso, no entanto, o Tricolor gaúcho passou a chegar com maior facilidade ao gol do Santos e a partida se equilibrou.

Após algumas chances de perigo criadas a partir do minuto 20, o Grêmio chegou ao empate nos acréscimos com um gol de pênalti de Diego Souza.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 1 x 1 SANTOS

Competição: Copa Libertadores da América - Quartas de final (ida)
Data: 09/12/2020 (quarta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Juan Benitez (PAR)
Assistentes: Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (PAR)
VAR: Eber Aquino (PAR)
Cartões amarelos: Diego Barbosa, Maicon e Matheus Henrique (Grêmio); Jobson, Luan Peres, Sandry e Diego Pituca (Santos)
Cartão vermelho: Diego Pituca (Santos)
Gols: Kaio Jorge, aos 35 minutos do primeiro tempo (Santos); Diego Souza, aos 56 minutos do segundo tempo (Grêmio)

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz (Churín), Geromel, Kannemann (David Braz) e Diogo Barbosa; Maicon (Darlan), Matheus Henrique e Pinares; Luiz Fernando (Ferreirinha), Pepê e Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi

SANTOS: John; Pará (Jean Mota), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson (Alison), Diego Pituca e Sandry (Vinícius Balieiro); Lucas Braga, Marinho (Bruno Marques) e Kaio Jorge. Técnico: Cuca

Futebol