PUBLICIDADE
Topo

Avaí

Torcedores do Avaí cobram atletas do time em casa noturna; assista

Torcedores do Avaí cobram atletas que furaram quarentena para ir a bar de Florianópolis - Reprodução/Twitter
Torcedores do Avaí cobram atletas que furaram quarentena para ir a bar de Florianópolis Imagem: Reprodução/Twitter

Pedro Henrique Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

07/12/2020 13h09Atualizada em 07/12/2020 18h41

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o um grupo de torcedores intimidando e agredindo quatro atletas do Avaí na saída de um bar na Avenida Beira Mar Norte, em Florianópolis.

Procurado pelo UOL Esporte, o clube disse que já tomou conhecimento do vídeo e está apurando os fatos e entrando em contato com os possíveis envolvidos.

"O clube está avaliando os fatos que chegaram ao conhecimento e marcou para o início da tarde uma reunião com dirigentes do futebol e do jurídico para analisar a situação e definir qual posição a ser tomada", informou a assessoria de imprensa.

Um primeiro vídeo mostra os torcedores intimidando os atletas na parta do bar:

O segundo vídeo mostra cenas de agressão física:

Uma reunião entre cartolas e o setor jurídico do clube está marcada para hoje com o objetivo de buscar uma solução para o caso. O clube não confirmou a identidade dos atletas envolvidos.

O Avaí emitiu uma nota oficial na tarde de hoje repudiando "as absurdas agressões" e decidiu afastar os jogadores envolvidos no incidente.

Leia a nota na íntegra:

O Avaí F.C., vem a público se manifestar sobre as absurdas agressões com alguns atletas ocorridas no dia 06/12/2020, por
volta das 21 horas, repudiando, veementemente, qualquer ato de violência ou ameaça física ou verbal para com seus integrantes do quadro de futebol.

Por outro lado, o Avaí F.C. entende que estes atletas descumpriram uma orientação do departamento médico (Protocolo interno da COVID-19) e não respeitaram o isolamento social, além dos cuidados necessários para evitar o contágio exigido pelas autoridades sanitárias, podendo trazer sérios riscos para o ambiente de trabalho.

Assim, o clube tomou as seguintes medidas internas necessárias para o momento:

1. Os atletas terão toda a assistência do clube relacionadas às agressões sofridas;

2. Os atletas serão afastados de suas atividades no clube por tempo indeterminado;

3. Os atletas serão multados em seus salários com pagamento de multa;

4. O clube reforçará que o grupo de atletas cumpra o que foi determinado pelas autoridades de saúde.

A DIRETORIA

Avaí