PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Marcos Felipe põe pressão em Muriel, e terá nova chance para virar titular

Marcos Felipe teve mais uma atuação segura e pressiona Muriel no Fluminense - Lucas Merçon/Fluminense FC
Marcos Felipe teve mais uma atuação segura e pressiona Muriel no Fluminense Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

02/12/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Fluminense pode ter uma mudança definitiva debaixo das traves. A boa atuação do goleiro Marcos Felipe no empate com o Red Bull Bragantino colocou ainda mais pressão sob Muriel, que não vem em boa fase. Com Covid-19, o titular será desfalque também contra o Athletico, sábado (5), pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, e se o camisa 1 mantiver o nível, o técnico Odair Hellmann pode mantê-lo na posição.

Quando a notícia que Muriel testou positivo para coronavírus, o treinador procurou Marcos Felipe para motivá-lo. É praxe de Hellmann passar confiança aos substitutos, o que corrobora com a coerência de tornar titular os reservas que se destacam a partir das chances que recebem — no geral, por questões médicas. E, com o goleiro, havia uma situação especial.

Após as duas falhas do titular que culminaram na eliminação do Flu na Copa do Brasil, Odair teve longa conversa com os preparadores de goleiros. Apesar de verem em Muriel uma liderança no elenco e um dos jogadores que mais se dedicam nos treinamentos, eles avaliaram que era o momento de uma mudança.

Mas o treinador decidiu bancar seu homem de confiança. O "problema" é que o camisa 29 voltou a falhar pelo Brasileirão, enquanto o seu reserva fez atuações seguras sempre que recebeu chances. Em 15 jogos oficiais como profissional, Marcos Felipe tem apenas 11 gols sofridos e uma derrota. Como titular, são oito vitórias e seis empates, e sete jogos sem ser vazado, os "clean sheets" — quando um goleiro não é vazado na partida.

Por conta do protocolo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Muriel seguirá fora até completar dez dias assintomático. Assim, Marcos Felipe terá nova chance como titular no sábado, e uma atuação no mesmo nível tornará a pressão por uma mudança.

Não bastasse a indicação dos preparadores, os torcedores também pedem pelo camisa 1 no time titular. Durante a partida contra o Red Bull Bragantino, o nome do goleiro esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter, enquanto Muriel era citado apenas em críticas.

Apesar da boa campanha no Campeonato Brasileiro, onde é o oitavo colocado com 36 pontos, o Fluminense é o segundo time da Série A que mais sofreu gols de rebote em 2020, falha que Muriel repetiu diversas vezes na temporada. Em má fase técnica, o experiente goleiro passou a ser questionado, e Marcos Felipe torce para que a chance que espera desde 2012, quando subiu aos profissionais, enfim, tenha chegado.

Considerado uma joia nas divisões de base do clube em Xerém, Marcos Felipe teve tratamento diferenciado para a posição, e já no ano do último título brasileiro do Flu, 2m 2012, quando ainda tinha idade de sub-17, era rotineiramente chamado para treinos com os titulares nas Laranjeiras. Dali, foi suplente de Diego Cavalieri, Júlio César, Rodolfo, Agenor e Muriel. Em 2015, chegou a ser emprestado ao Macaé. Os anos no banco fizeram o capixaba de 24 anos pensar em desistir. Mas sua vez no gol do Tricolor pode enfim estar perto de acontecer.

Fluminense