PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras: Conselheiros reforçam pedido para cancelar eleição de vitalícios

Sede social do Palmeiras, onde ocorrerá a votação para vitalícios no dia 7 - Divulgação/Palmeiras
Sede social do Palmeiras, onde ocorrerá a votação para vitalícios no dia 7 Imagem: Divulgação/Palmeiras

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

01/12/2020 15h42

Classificação e Jogos

Sem resposta após um primeiro pedido, conselheiros do Palmeiras voltaram a cobrar Seraphim Del Grande, presidente do Conselho Deliberativo, para cancelar a eleição de vitalícios, marcada para a próxima segunda-feira (7).

Além dos argumentos já defendidos em um primeiro e-mail, o grupo ainda cita: "a reclassificação de risco sanitário da cidade de São Paulo, determinada na data de ontem pelas autoridades competentes" e a "ação judicial ajuizada por conselheiro para reavaliação do resultado da última AG (assembleia geral) que deliberava sobre o tema".

O primeiro comunicado feito a Seraphim ocorreu na sexta (27), em carta assinada por 23 conselheiros. Como não houve contestação do presidente do CD, hoje (1) foi feito um novo contato (veja o documento completo abaixo).

Há 18 vagas abertas para conselheiros vitalícios, que detêm 148 das 300 cadeiras do Conselho Deliberativo do Palmeiras. O assunto, porém, tornou-se um problema desde as assembleias de sócios durante a reforma estatutária.

Os associados não concordaram com a posição do CD de manter o número de vitalícios. Só que as propostas para diminuição não atingiram dois terços (uma para 100 e outra para 120) necessários para reverter a decisão.

O argumento dos que são contrários à votação, porém, é de que mais de dois terços dos sócios defenderam a diminuição, somando as duas opções na assembleia. Por isso, o conselheiro José Apparecido Júnior entrou com uma ação na Justiça, para impedir o novo pleito, como revelou o blog de Danilo Lavieri.

Seraphim Del Grande mantém a posição de que a votação vai acontecer, a menos que as organizações de saúde recomendem o contrário. Por enquanto, o pleito está mantido para a próxima semana. Para ser eleito, o conselheiro precisa receber a maioria simples dos votos presentes.

Veja a nova carta enviada ao presidente do Conselho:

"Ilmo. Seraphim Del Grande,

Considerando:

- todo o exposto no requerimento enviado anteriormente;

- a reclassificação de risco sanitário da cidade de São Paulo, determinada na data de ontem pelas autoridades competentes;

- ação judicial ajuizada por conselheiro para reavaliação do resultado da última AG que deliberava sobre o tema;

- a ampla rejeição à ideia de novas eleições para vitalícios por parte dos associados e da opinião pública;

Reforçamos que não faz o menor sentido a manutenção deste encontro, absolutamente desprovido de urgência e que coloca em risco a saúde de conselheiros e funcionários do clube.

Solicitamos, novamente, que essa reunião seja imediatamente cancelada."

Palmeiras