Topo

Líder, Neymar dá bronca no PSG e cobra vitória na Liga; até Mbappé escutou

Neymar, no aquecimento para partida do PSG contra o Bordeaux, que motivou uma "bronca" nos companheiros Imagem: Aurelien Meunier - PSG/PSG via Getty Images

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris (França)

01/12/2020 04h00

Classificação e Jogos

Insatisfeito com o desempenho do Paris Saint-Germain na temporada, Neymar deu bronca nos companheiros de time. As críticas foram públicas após o empate por 2 a 2 diante do Bordeaux, no final de semana, pelo Campeonato Francês, mas ganharam ainda mais peso em conversas no vestiário. O camisa 10 não admite a possibilidade de ser eliminado da Liga dos Campeões na fase de grupos e cobra a vitória contra o Manchester United, amanhã (2) em pleno Old Trafford, na Inglaterra.

"Temos que melhorar o desempenho, pois assim não vamos passar na Champions. Sabemos da importância do jogo de quarta-feira e é muito complicado, assim como foi o anterior [vitória por 1 a 0 diante do RB Leipzig]. Vamos tentar fazer nosso melhor jogo, mas precisamos jogar mais como uma equipe. Com companheirismo", criticou o brasileiro em entrevista ao Canal Plus, da França, no último final de semana.

Essa foi a primeira entrevista de Neymar nesta temporada pelo PSG. O jogador estava nervoso e fez questão de desabafar sem citar nomes ou expor o trabalho do treinador Thomas Tuchel. O tom do discurso seguiu nos vestiários, com a cobrança de tratar o duelo contra o Manchester United como uma final de campeonato.

Restando duas rodadas para o encerramento da fase de grupos, o Manchester United é o líder do Grupo H com nove pontos, enquanto PSG e Leipzig dividem a segunda colocação com seis pontos cada. O lanterna é o Istanbul Basaksehir, com três pontos. Em caso de derrota na Inglaterra, a eliminação do time francês terá alta possibilidade.

Neymar tem agido como capitão no PSG nesta temporada, muito embora não carregue a braçadeira. Diante do Bordeaux, o posto foi ocupado pelo zagueiro francês Kimpembe, já que o capitão Marquinhos foi poupado por Tuchel.

O bom relacionamento de Neymar com o grupo do PSG o deixa à vontade para críticas. Tanto que, no dia seguinte ao episódio da bronca, o brasileiro marcou presença em um almoço na casa de Angel Di Maria, ao lado de Keylor Navas, Paredes e Rafinha.

Aos amigos, Neymar relata confiança na classificação para o mata-mata da Champions. Ser eliminado na fase de grupos deixaria uma sensação de final de temporada já em dezembro, seis meses antes do encerramento. O Campeonato Francês é considerado conquista simples, e a disputa na Liga Europa não serve como consolo.

Neymar cobrou até Mbappé

Uma jogada individual de Kylian Mbappé, no minuto final da partida contra o Bordeaux, deixou Neymar irritado. O atacante francês driblou o adversário na área e chutou de perna esquerda para fora, ignorando o grito do brasileiro, livre na marca do pênalti, para tocar a bola. O lance também foi conversa entre os jogadores no vestiário

Para Neymar, Mbappé precisa atuar mais próximo a ele na ponta esquerda e procurar mais lances de tabela. No confronto contra o Bordeaux, Mbappé deu cinco passes para Neymar e recebeu seis do brasileiro. O toque de bolas entre eles foi baixo, já que em grandes jogos ele costuma a beirar a 20 passes entre eles.

O lance em que Mbappé não tocou a bola para Neymar foi levado ao treinador Thomas Tuchel pela imprensa francesa em entrevista após a partida. A pergunta foi se a busca pelo centésimo gol do francês pelo PSG — ele tem 99 gols no total — o tem pressionado.

"Espero que não. Ele pensa muito. Mas também ele pode lidar com a pressão porque é uma pressão positiva, vai acontecer o gol. É questão de tempo", disse Tuchel.

Na entrevista, o treinador alemão também usou o mesmo tom de Neymar para falar do desempenho do PSG. "Eu estou muito desapontado. Não posso aceitar nosso nível de atuação, não podemos jogar assim no Campeonato Francês. Um time sem esforço não pode vencer. Uma vez é o suficiente [derrota para o Monaco por 3 a 2 na rodada anterior], mas repetir é inadmissível. Tenho a sensação de que perdemos este jogo com o Bordeaux", esbravejou o treinador.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Líder, Neymar dá bronca no PSG e cobra vitória na Liga; até Mbappé escutou - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Liga dos Campeões - 2020/2021