PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

"Messi quer o Barcelona", diz ex-presidente e agora candidato do clube

Joan Laporta vai concorrer novamente ao cargo de presidente do clube catalão - AFP PHOTO / JOSEP LAGO
Joan Laporta vai concorrer novamente ao cargo de presidente do clube catalão Imagem: AFP PHOTO / JOSEP LAGO

Do UOL, em São Paulo

30/11/2020 09h03

Joan Laporta, ex-presidente do Barcelona que se candidatou novamente ao cargo, disse que Messi deve ficar no clube caso ele seja eleito.

Em entrevista coletiva para detalhar sua candidatura, o político ainda lamentou o impasse envolvendo a saída do jogador na última janela de transferências da Europa.

"É verdade que o Messi queria sair este verão. Ele ficou muito desiludido com a forma como o trataram, mas não entro nesta questão. Messi quer o Barcelona e tenho a certeza que vai dar uma chance. Vejo, por respeito e estima que temos um pelo outro, que teremos uma conversa para ajudá-lo a decidir o que é melhor para ele e para o Barça", iniciou Laporta, que comandou o clube entre 2003 e 2010.

"Sei que há ofertas de outros clubes, mas Messi sempre teve isto. Moratti [ex-presidente da Inter de Milão] tentou pagar 250 milhões por ele em 2006 e eu disse não. Eles pagariam uma fortuna no salário e ele também disse não. Seu carinho pelo Barça foi demonstrado", prosseguiu.

Por fim, Laporta minimizou a questão financeira e afirmou que é preciso dar um "tratamento quase familiar" ao argentino e a outros jogadores.

"Ele e toda a sua família sentem-se confortáveis aqui, na Catalunha. Eles gostam da vida que levam em Barcelona. Além disso, [a permanência de] Messi não é uma questão de dinheiro, mas de estarmos à altura da missão como clube. Temos que dar um tratamento quase familiar aos jogadores", concluiu.

Barcelona