PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras vence Athletico com gols de "renegados" e encosta nos líderes

Do UOL, em São Paulo

28/11/2020 18h50

Classificação e Jogos

Sem maiores dificuldades, o Palmeiras venceu o Athletico-PR por 3 a 0 hoje (28), no Allianz Parque (SP), e encostou nos líderes do Campeonato Brasileiro. Os gols vieram de jogadores "renegados" até a chegada do técnico português Abel Ferreira, casos de Patrick de Paula e Rony.

Com o resultado, o Alviverde está agora a cinco pontos do primeiro colocado, Atlético-MG, que possui 42, e já começa a vislumbrar uma disputa de título neste segundo turno da competição.

No próximo domingo (6) o Palmeiras tem pela frente o clássico com o Santos na Vila Belmiro (SP).

"Renegados" dão recado a Abel

Até bem pouco tempo, Rony e Patrick de Paula estavam em baixa no Palmeiras. O atacante vinha sendo cobrado pelos torcedores e chegou a ser a quinta opção no ataque, atrás de Wesley (hoje machucado), Verón (que ficou afastado por covid), Willian (covid) e Luiz Adriano (lesão na coxa). Com Abel, as oportunidades vieram em sequência por causa dos desfalques. O jogador aproveitou as chances e novamente teve uma boa atuação, assim como havia feito na Copa Libertadores, na vitória sobre o Delfin por 3 a 1.

Já Patrick de Paula, titular com Vanderlei Luxemburgo, ouviu um recado direto do técnico Abel Ferreira quando o português chegou: em entrevista coletiva no início de novembro, ele disse que o jovem deveria "mostrar que quer jogar". Naquela altura, ele estava atrás de Felipe Melo e Danilo na lista de opções para primeiro volante. Felipe Melo se machucou, Danilo pegou covid e Patrick reconquistou espaço. Contra o Goiás, apesar da derrota por 1 a 0, já tinha sido um dos destaques do time. Contra o Delfín, foi bem. Mas hoje, jogando mais avançado, à frente de Danilo, ele voltou a ser um dos mais importantes jogadores do meio-campo alviverde.

Scarpa e Lucas Lima comandam a equipe

Apesar da boa partida de Patrick e Rony, foram os meias Gustavo Scarpa e Lucas Lima que comandaram as ações do Palmeiras. Os dois, que também estão mudando de patamar com Abel Ferreira, criaram oportunidades tanto na criação quanto em conclusões a gol. Scarpa chegou a chutar uma bola na trave.

Lentidão de Thiago Heleno

Experiente, o zagueiro Thiago Heleno demonstrou lentidão no sistema defensivo do Athletico-PR, o que gerou espaços no setor.

Belo gol do Palmeiras

O Palmeiras abriu o placar logo aos 7 minutos do primeiro tempo, quando Gustavo Scarpa recebeu na esquerda e enfiou boa bola para Lucas Lima, que dominou e deu bela assistência. Patrick de Paula recebeu na área, girou com categoria e chutou sem chances para o goleiro Bento.

"Lei do ex" dupla

Infalível, a "lei do ex" aconteceu em dose dupla no Allianz Parque com Rony. Aos 34 minutos do primeiro tempo, ele aproveitou bola espirrada e, em dividida com o zagueiro, colocou para o fundo da rede. Já no início do segundo tempo, ele escorou escanteio de cabeça e ampliou para 3 a 0.

Em ambos os gols, ele não comemorou em respeito ao seu ex-clube, em que se destacou e acabou contratado pelo Palmeiras.

Autuori na bronca

Experiente treinador e crítico ferrenho da disputa da competição em meio à pandemia de coronavírus, Paulo Autuori foi duro em relação à situação do Athletico-PR, que foi para o jogo sem ter goleiro reserva por conta da Covid-19. "Não tem explicação, final da minha carreira, o futebol brasileiro em alto nível e essa situação. É uma vergonha para o futebol como um todo ver isso. Não tem o que falar, é pensar no jogo e fazer um bom jogo", declarou ao Esporte Interativo.

Aquecimento do Palmeiras

Novembro azul

Os jogadores do Palmeiras atuaram com uma numeração acima do 40 na partida de hoje. A ação é uma campanha em prol do "Novembro Azul", que alerta sobre o câncer de próstata.

PALMEIRAS 3 X 0 ATHLETICO-PR
Local:
Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Hora: 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Árbitro Assistente 1: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS)
Árbitro Assistente 2: Michael Stanislau (RS)
Quarto Árbitro: Márcio Henrique de Góis (SP)
VAR: Daniel Nobre Lins (RS)
Cartões amarelos: Gabriel Menino, Danilo (PAL); Christian (ATH)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Patrick de Paula, aos 7 minutos do primeiro tempo (PAL); Rony, aos 34 minutos do primeiro tempo (PAL); Rony, aos 4 minutos do segundo tempo (PAL)

Palmeiras: Weverton; Gabriel Menino, Emerson Santos, Gustavo Gómez e Viña; Patrick de Paula, Danilo e Zé Rafael (Gabriel Silva); Lucas Lima (Breno Lopes), Rony (Gabriel Veron) e Gustavo Scarpa (Alan Empereur). Técnico: Abel Ferreira.

Athletico-PR: Bento, Erick (Ravanelli), Pedro Henrique, Thiago Heleno e João Victor; Wellington, Christian e Léo Cittadini (Lucho González); Bissoli (Lucas Halter), Walter (Fabinho) e Renato Kayzer. Técnico: Paulo Autuori.

Futebol