PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Cano marca, mas Vasco cede o empate para o Defensa y Justicia pela Sula

Marcos Junior disputa bola durante Defensa y Justicia x Vasco, jogo da Copa Sul-Americana 2020 - Daniel Jayo / AFP
Marcos Junior disputa bola durante Defensa y Justicia x Vasco, jogo da Copa Sul-Americana 2020 Imagem: Daniel Jayo / AFP

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/11/2020 23h23

Classificação e Jogos

O Vasco até saiu na frente com gol do artilheiro Germán Cano e ficou próximo da vitória, mas em uma bobeada da zaga, cedeu o empate para o Defensa y Justicia e o jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, em Buenos Aires (ARG), terminou em 1 a 1.

Como na competição há o critério do gol fora, o Cruz-maltino tem a vantagem de jogar por um 0 a 0, na próxima quinta-feira (3), em São Januário (RJ), para ficar com a vaga na próxima fase. Caso ocorra um novo 1 a 1, a decisão vai para os pênaltis. Qualquer empate por dois ou mais gols, a classificação será dos argentinos.

Quem avançar entre Vasco e Defensa y Justicia enfrentará o vencedor do duelo entre Bahia e Unión de Santa Fé (ARG). O Tricolor baiano ganhou na ida, em Salvador (BA), por 1 a 0.

Empate fica de bom tamanho

O Vasco não fez uma boa partida e o empate em Buenos Aires (ARG) acabou ficando de bom tamanho. A equipe cedeu muitos espaços e sofreu muitas situações de perigo. No segundo tempo melhorou um pouco ofensivamente, mas mesmo assim ainda ficou devendo.

Lucão salva o Vasco

O jovem goleiro do Vasco, que substitui Fernando Miguel - em quarentena por conta da Covid-19 - foi o grande destaque da equipe. O arqueiro fez grandes defesas, principalmente no segundo tempo, e já começa a colocar uma "pulga atrás da orelha" do técnico Ricardo Sá Pinto.

Pikachu apagado

Substituindo interinamente Ricardo Sá Pinto (que também está com Covid-19), Alexandre Grasseli apostou em Yago Pikachu no meio de campo, mas o jogador não foi bem e ainda cedeu muitos espaços pela direita. Ele acabou substituído no segundo tempo por Carlinhos.

Defensa tem três gols anulados por impedimento

Leo Matos tenta proteger a bola durante Defensa y Justicia x Vasco pela Copa Sul-Americana 2020 - Juan Ignacio RONCORONI / POOL / AFP - Juan Ignacio RONCORONI / POOL / AFP
Imagem: Juan Ignacio RONCORONI / POOL / AFP

Mesmo atuando com três zagueiros, a defesa do Vasco não se encontrou no primeiro tempo e sofreu três gols que, por sorte, foram anulados pela arbitragem em função de impedimento.

Torres ganha na velocidade e perde grande chance

A única grande oportunidade do Vasco no primeiro tempo foi aos 35 minutos, quando Gustavo Torres arrancou pela esquerda, ganhou na velocidade e saiu na cara do goleiro, mas a conclusão não foi das melhores e o arqueiro defendeu com o pé esquerdo.

Cano marca com seu faro de artilheiro

Germán Cano comemora gol do Vasco contra o Defensa y Justicia em jogo da Copa Sul-Americana 2020 - Daniel Jayo / POOL / AFP - Daniel Jayo / POOL / AFP
Imagem: Daniel Jayo / POOL / AFP

O Vasco vinha sofrendo pressão, até que aos 16 minutos do segundo tempo, Léo Matos fez um ótimo cruzamento pela direita e Germán Cano - sempre ele - emendou um voleio de direita, sem chances para o goleiro do Defensa y Justicia.

Zaga bobeia e Defensa empata

Aos 33, o jovem zagueiro Miranda deu um bote errado na intermediária, Romero se aproveitou e soltou a bomba, no canto direito de Lucão.

Vasco tem homenagem a Maradona vetada

A Conmebol vetou uma homenagem que o Vasco iria fazer a Maradona antes da partida contra o Defensa y Justicia. A ideia do Cruz-maltino era que o jovem goleiro Lucão entrasse com uma bandeira da Argentina e os demais jogadores abraçassem uma bola com uma fita preta. Porém, segundo a "Vasco TV", a confederação sul-americana de futebol não permitiu pois interpretou que seria uma quebra de protocolo na entrada em campo.

...Mas teve homenagem

Maradona, porém, não ficou sem homenagem no estádio Norberto Tomaghello. Além do um minuto de silêncio, uma bandeira com o rosto da lenda e um grande laço preto em sinal de luto foram abertos na arquibancada.

A saída do Vasco para o hotel

A chegada do Vasco ao estádio

Estádio é vizinho de uma comunidade como São Januário

DEFENSA Y JUSTICIA 1 X 1 VASCO

Local: Norberto Tomaghello, Buenos Aires (ARG)
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Andres Matonte (URU)
Auxiliares: Carlos Barreirro (URU) e Martin Soppi (URU)
VAR: Jhon Ospina (COL)
Cartões amarelos: Frías (DEF)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Germán Cano, aos 16 minutos do segundo tempo (VAS); Romero, aos 33 minutos do segundo tempo (DEF)

DEFENSA Y JUSTICIA: Ezequiel Unsain; Néstor Breitenbruch, Adonis Frías, Martínez e Benítez; Loaiza (Acevedo), Larralde (Hachen) e Brítez; Rius, Pizzini (Villagra) e Romero. Técnico: Hernán Crespo.

VASCO: Lucão; Miranda (Marcelo Alves), Leandro Castan e Ricardo Graça; Léo Matos (Bruno Gomes), Marcos Júnior, Leonardo Gil, Yago Pikachu (Carlinhos) e Neto Borges; Gustavo Torres (Lucas Santos) e Germán Cano (Ygor Catatau). Técnico: Alexandre Grasseli (interino).

Vasco