PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians inicia limpeza da fachada pra incluir logo da Neo Química Arena

Limpeza e término das instalações na Neo Química Arena devem ocorrer no prazo de 60 dias  - Divulgação
Limpeza e término das instalações na Neo Química Arena devem ocorrer no prazo de 60 dias Imagem: Divulgação

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/11/2020 16h20

O Corinthians iniciou hoje (26) a limpeza da fachada da Neo Química Arena para "estampar" a marca da empresa que adquiriu os naming rights em agosto, como o UOL Esporte revelou o acordo assinado com exclusividade.

O nome Neo Química Arena foi confirmado oficialmente quatro dias depois, em uma live do clube que aconteceu na virada de 31 de agosto para o dia 1º de setembro, nas comemorações dos 110 anos de história do Corinthians.

Além da frente da Arena, o Corinthians iniciou também a limpeza da cobertura, incluindo as fachadas de vidro. A previsão é que as instalações estejam concluídas em 60 dias.

O Corinthians fechou a venda dos naming rights da Arena Corinthians com a Hypera Pharma, empresa do ramo farmacêutico. O acordo fez parte de um dos principais objetivos do presidente Andrés Sanchez em seu retorno a presidência do clube paulista em seu último mandato, que termina no fim deste ano.

O valor da transação foi fechado na faixa de R$ 300 a 350 milhões, mas o contrato com a empresa possui diversos "gatilhos" que podem gerar mais dinheiro ao Corinthians, dependendo da presença de público no estádio, entre outros fatores.

O UOL Esporte também revelou na época que todo o dinheiro recebido pelos naming rights será destinado para abater a dívida do clube com a Caixa Econômica Federal por conta da construção do estádio. Internamente, o Corinthians veicula que a dívida é de R$ 530 milhões.

Na ocasião, a reportagem ainda revelou com exclusividade que o contrato com a Hypera Pharma para os naming rights da Arena é de aproximadamente 20 anos. A Neo Química estampou o uniforme corintiano como patrocinadora master em momentos de relevância para a história do clube: em 2010, ano do centenário, e em 2011, na conquista do Campeonato Brasileiro. A parceria foi encerrada no início de 2012.

Erguido na Zona Leste de São Paulo, o estádio corintiano foi inaugurado em maio 2014, às vésperas da Copa do Mundo, tendo servido de palco para o jogo de abertura daquele Mundial e da semifinal entre Argentina e Holanda. O meia-atacante Giovanni Augusto, então jogador do Figueirense, foi o autor do primeiro gol de sua história.

Futebol