PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2020

Técnico do Racing detona arbitragem após empate com Fla: "Me senti roubado"

Sebastián Beccacece elogiou jogadores do clube argentino e disparou contra anulação de um gol da equipe - Juan Ignacio RONCORONI / AFP
Sebastián Beccacece elogiou jogadores do clube argentino e disparou contra anulação de um gol da equipe Imagem: Juan Ignacio RONCORONI / AFP

Do UOL, em São Paulo

25/11/2020 08h41

Classificação e Jogos

O técnico do Racing, Sebastián Beccacece, disparou contra a arbitragem após o jogo contra o Flamengo, que acabou empatado em 1 a 1, válido pela Copa Libertadores e realizado ontem.

Após ter dois gols anulados pelo VAR - contra um do time brasileiro -, o treinador, em entrevista coletiva, se considerou "roubado" e vencedor do duelo.

"Ganhamos mentalmente e no resultado. Sabemos que esse é o caminho e vamos tentar buscar a façanha no Brasil. Hoje me senti roubado", iniciou Beccacece, que preferiu enxergar apenas os aspectos positivos de sua equipe.

"Acho que minimizaram a diferença entre um time e outro. Se não fosse pela injustiça do gol anulado, poderíamos ter vencido de forma tranquila. Vencemos cinco de seis jogos na fase de grupos. Perdemos um por decisão da arbitragem [se referindo à derrota contra o Nacional na fase de grupos] e empatamos este por consequência disto. Demos o nosso melhor", afirmou.

Por fim, Beccacece falou em "atrocidades" da imprensa ao elogiar a postura de seu grupo de jogadores durante o confronto.

"Tenho um sentimento de orgulho. Esses jogadores espalharam um pouco de valor e coragem vistos no futebol latino-americano contra um time de grande hierarquia. Me sinto representado por todo o grupo, apesar das atrocidades que foram ditas, estamos mais unidos do que nunca", completou.