PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos: Fernandes explica alteração no primeiro tempo: "Momento preciso"

Pará, Lucas Veríssimo e Wagner Leonardo conversam durante o jogo entre Santos e LDU - Staff Images/CONMEBOL
Pará, Lucas Veríssimo e Wagner Leonardo conversam durante o jogo entre Santos e LDU Imagem: Staff Images/CONMEBOL

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

24/11/2020 22h00

Classificação e Jogos

O Santos venceu a LDU por 2 a 1 na noite de hoje (24), na altitude de mais de 2,8 mil metros de Quito (EQU), pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O auxiliar técnico Marcelo Fernandes, que comandou a equipe fez uma alteração ainda no primeiro tempo que, ao seu ver, foi crucial para o resultado.

Aos 44 do primeiro tempo, Fernandes tirou o meia Jean Mota e colocou Wagner Leonardo, que é zagueiro de origem, mas tem atuado na lateral esquerda. Ele explicou o que motivou a mudança e avaliou que foi feita no "momento preciso".

"Jean Mota pela esquerda foi opção, para explorarmos a escapada do Soteldo por dentro também. Troca foi num momento preciso. Alteração que eu falei com Jean e ele entendeu. Sofremos com muitas jogadas pela direita. Algum poderia sentir efeito da altitude. Jean tentou coibir essas jogadas, deu tudo, mas colocou a mão no joelho para buscar o ar e optamos pela saída. Cumpriu sua função perfeitamente. É menino de ouro, grande jogador, qualquer um poderia ter sentido a altitude. Como lado direito da LDU estava forte, fizemos essa substituição", explicou.

O Peixe sofreu o gol dois minutos depois, é verdade, mas em lance de contra-ataque que pegou a defesa desarmada. Na segunda etapa, com Wagner, a LDU ameaçou menos pela direita.

Com a vitória, o Santos pode perder até por 1 a 0 no jogo da próxima terça-feira, na Vila Belmiro, que mesmo assim garante vaga nas quartas de final da competição continental.

Santos