PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians lidera ranking de expulsão no Brasileiro; veja histórico no ano

Matheus Henrique levou entrada de Marllon, do Corinthians, e teve corte na canela direita - Lucas Uebel/Grêmio
Matheus Henrique levou entrada de Marllon, do Corinthians, e teve corte na canela direita Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Yago Rudá

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/11/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Corinthians é o clube que mais recebeu cartões vermelhos no Campeonato Brasileiro. No último domingo (22), contra o Grêmio, o zagueiro Marllon e o meia Otero foram expulsos, e o Timão chegou à marca de seis jogadores mandados para o chuveiro mais cedo ao longo desta edição do torneio. Considerando as advertências para a comissão técnica, o clube soma oito expulsões.

Os números chamam a atenção, sobretudo porque o Corinthians não costuma ser uma equipe agressiva e não comete tantas faltas por jogo — atualmente, são, em média, 16 infrações por partida, o nono time mais faltoso do nacional. Apesar disso, a equipe dirigida por Vagner Mancini tem sido punida pela arbitragem. Ao todo, são 55 cartões amarelos, atrás apenas de Goiás (63), Flamengo (58) e Ceará (57).

"Acho que antes da expulsão do Marllon, deveria ter sido antes expulso o Darlan [do Grêmio]. Ele [o árbitro Caio Max Augusto Vieira] já perdeu um pouco a mão. Na expulsão do Otero, eu acho que os dois cartões foram normais. O que não foi normal é que o Otero recebe uma falta antes do lance que originou a expulsão dele. O árbitro deixou a jogada seguir, e na sequência teve a expulsão do Otero. Não tenho nada a falar da arbitragem, mas tenho a falar sobre esses dois lances", afirmou Mancini ao ser questionado as expulsões do último domingo.

O problema vivido pelo Corinthians não é exclusivo em partidas do Campeonato Brasileiro. Ao longo desta temporada, o Timão viu seus jogadores receberem o cartão vermelho nove vezes, sendo mais três punições aos membros da comissão técnica. A título de comparação, em todo o ano de 2019, a equipe sofreu expulsões em apenas duas oportunidades.

Além da constância, os cartões prejudicam a equipe. Foi assim, por exemplo, contra o Guaraní-PAR, pela Copa Libertadores, quando o meia-atacante Pedrinho foi expulso ainda no primeiro tempo, e o Timão — apesar da vitória por 2 a 1, na Neo Química Arena — foi eliminado do torneio continental. Situação parecida com o duelo do último domingo, quando a equipe saiu de campo elogiada, mas com a desvantagem de dois jogadores pouco conseguiu fazer contra o Grêmio.

As expulsões do Corinthians na temporada:

2/2 - Corinthians 2x0 Santos - Campeonato Paulista
Cartão vermelho: Janderson

12/2 - Corinthians 2x1 Guaraní-PAR - Copa Libertadores
Cartão vermelho: Pedrinho

22/2 - Água Santa 2x1 Corinthians - Campeonato Paulista
Cartão vermelho: Camacho

7/3 - Grêmio Novorizontino 1x1 Corinthians - Campeonato Paulista
Cartão vermelho: Cleber de Souza (massagista)

15/8 - Grêmio 0x0 Corinthians - Campeonato Brasileiro
Cartão vermelho: Tiago Nunes (técnico)

10/9 - Corinthians 0x2 Palmeiras - Campeonato Brasileiro
Cartão vermelho: Fagner e Danilo Avelar

13/9 - Fluminense 2x1 Corinthians - Campeonato Brasileiro
Cartão vermelho: Mauro da Silva (auxiliar técnico)

11/10 - Ceará 2x1 Corinthians - Campeonato Brasileiro
Cartão vermelho: Cássio

14/10 - Athletico-PR 0x1 Corinthians - Campeonato Brasileiro
Cartão vermelho: Bruno Méndez

22/11 - Corinthians 0x0 Grêmio - Campeonato Brasileiro
Cartão vermelho: Marllon e Otero

Corinthians