PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Inter x Fluminense: onde assistir, escalações e o que esperar do jogo

Inter e Fluminense jogam pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Beira-Rio - Thiago Ribeiro/AGIF
Inter e Fluminense jogam pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Beira-Rio Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, em Porto Alegre

21/11/2020 18h15Atualizada em 22/11/2020 13h22

Classificação e Jogos

Inter e Fluminense se enfrentam neste domingo (22), pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Beira-Rio, às 18h15 (de Brasília).

Odair contra o Inter no Beira-Rio

Odair Hellmann não conseguiu enfrentar o Inter até hoje em jogos oficiais. Como atleta, só foi adversário em amistoso, e como treinador, esteve fora por causa da Covid-19 no duelo já realizado no Brasileiro.

Ex-técnico do time gaúcho, o comandante do Flu já morou no Beira-Rio e trabalhou por R$ 1.500 no Colorado.

Onde assistir

O jogo terá transmissão Premiere para todo Brasil. O Placar UOL acompanha a partida em tempo real.

Prováveis escalações

Inter: Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel (Moledo), Cuesta e Uendel; Johnny, Nonato, Patrick, Mauricio e Marcos Guilherme; Yuri Alberto (Galhardo). Técnico: Leomir (auxiliar)

Fluminense: Muriel; Calegari, Luccas Claro, Digão e Danilo Barcelos; André, Yuri, Yago e Nenê; Wellington Silva (Luiz Henrique) e Felippe Cardoso (Marcos Paulo). Técnico: Odair Hellmann.

Suspensos e liberados

O Inter não terá Heitor e Lindoso, suspensos. Por outro lado, Patrick e Nonato voltam após testarem negativo para Covid-19.

Departamento médico

O Inter não conta mais com Guerrero, Boschilia e Saravia nesta temporada. Abel Hernández e Moisés estão lesionados. Keiller e Daniel estão fora pois testaram positivo para Covid-19, a exemplo do técnico Abel Braga.

O Fluminense não terá Fred e Igor Julião por lesão. Hudson, Egídio, Nino, Michel Araújo e Fernando Pacheco testaram positivo para Covid-19.

Estratégias dos treinadores

Odair Hellmann se pauta por um time defensivo e de transição rápida. Sua equipe, seja com o Fluminense deste ano ou o Inter do ano passado, protege muito bem a meta e busca atacar em velocidade quando recupera a bola.

Abel Braga tem mudado a forma de jogar do Inter. Após tentar sem sucesso seguir os conceitos de seu antecessor, Eduardo Coudet, o treinador optou por alterar a formação do time para o 4-2-3-1, com jogadores de lado e um armador auxiliando o ataque. Contra o América-MG, na eliminação da Copa do Brasil, o rendimento melhorou em relação aos jogos anteriores.