PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dia da Consciência Negra: Clubes brasileiros se posicionam contra o racismo

Clubes brasileiros se unem contra o racismo no Dia da Consciência Negra - jacoblund/Getty Images/iStockphoto
Clubes brasileiros se unem contra o racismo no Dia da Consciência Negra Imagem: jacoblund/Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

20/11/2020 12h12

Hoje, no Dia da Consciência Negra, vários clubes brasileiros se uniram para falar sobre racismo e saudar grandes atletas negros que fazem parte de suas histórias.

Cada clube se manifestou a sua maneira e alguns prepararam conteúdos e produtos exclusivos para a data.

O Cruzeiro criou camisas com frases racistas, mas que ainda fazem parte do dialeto de muitos brasileiros. O objetivo do clube é conscientizar seus torcedores sobre a importância de abolir esses termos.

O Atlético-GO lembrou o músico Chico Science e citou um verso de sua música "Monólogo ao Pé do Ouvido" para falar sobre a importância da luta coletiva contra a desigualdade racial.

Já o Grêmio citou a morte de um homem negro em uma unidade do supermercado Carrefour em Porto Alegre (RS) para pedir justiça e combate aos casos de racismo.

O Santos fez um vídeo com imagens de grandes atletas que fizeram parte de sua história e também alguns torcedores negros famosos, como o rapper Emicida.

No São Paulo, o jogador Tchê Tchê, que frequentemente se manifesta contra o racismo e pelas pautas do movimento negro, falou sobre o racismo e o que o dia de hoje representa para o esporte.

O Corinthians também preparou um vídeo para falar sobre a data.

Confira as manifestações de outros clubes brasileiros:

Futebol