PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

RMP: Rogerio Ceni tem que ser apresentado aos garotos da base do Flamengo

Do UOL, em São Paulo

19/11/2020 04h00

Quando um surto de covid atingiu o elenco do Flamengo e foi necessário utilizar os garotos da base do clube para jogar partidas importantes do Campeonato Brasileiro e da Libertadores, atletas como o goleiro Hugo Souza e o zagueiro Natan ganharam espaço e ficaram no período em que o catalão Domènec Torrent comandou o time, mas perderam espaço nos três jogos sob o comando de Rogério Ceni até a derrota por 3 a 0 para o São Paulo, que eliminou o Rubro-negro da Copa do Brasil.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte — com os jornalistas José Trajano, Menon, e Vinicius Mesquita —, Renato Maurício Prado afirma que a missão agora do Flamengo é apresentar Rogério Ceni aos jogadores que subiram da base e vinham atuando bem com Dome, em vez de apostar em atletas experientes em má fase, como Léo Pereira.

"O Flamengo tem um dever de casa gigantesco pela frente, o Rogério Ceni precisa ser apresentado aos garotos da base, que salvaram o Flamengo quando o Flamengo teve a epidemia brava de covid. O Natan, o Otavio, o Noga, o Ramon, todos esses garotos que eu estou falando são melhores do que Thuler, Léo Pereira, Gustavo Henrique, Renê e por aí vai", diz Renato.

"Hoje inclusive entrou um menino, Pepê, e entrou muito bem, jogou ali no meio-campo, claro, não podia fazer mais nada, mas entrou bem", completa.

O jornalista cita o próprio caso do São Paulo, assim como o Palmeiras, pela forma como os times se acertaram com o uso de jogadores que subiram das categorias de base e acredita que Rogério Ceni deve optar pelo mesmo caminho para melhorar a equipe rubro-negra.

"Repara só, o Palmeiras se ajeitou quando? Quando começou a trazer os meninos. O São Paulo se ajeitou quando? Quando começou a trazer a molecada, e o Flamengo está cheio de moleques bons lá, gente, aí o Rogério Ceni assume, até entendo, querendo ganhar lá os capitães de areia do time, voltou com os titulares todos de antigamente, Gustavo Henrique, Thuler, mas não pode, não, gente, essa turma toda tem que ir para o banco e tem que botar a garotada para jogar", conclui.

O Fim de Papo volta a ser apresentado na próxima terça-feira, após o primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores, entre Racing e Flamengo, em noite que também terá o Santos enfrentando a LDU, em Quito, e o Athletico-PR contra o River Plate, em Curitiba.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol