PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro faz acordo com Fred e pagará R$ 25 milhões ao atleta em 61 vezes

Atacante Fred receberá quantia milionária do Cruzeiro após acordo na Justiça do Trabalho - Bruno Haddad/Cruzeiro
Atacante Fred receberá quantia milionária do Cruzeiro após acordo na Justiça do Trabalho Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

19/11/2020 12h58

Classificação e Jogos

O Cruzeiro chegou a um acordo com o atacante Fred na Justiça do Trabalho na tarde de hoje (19). O clube celeste pagará ao jogador R$ 25 milhões pela rescisão do contrato de trabalho e, também, para acerto de Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O montante será dividido de duas formas, com a maior parte sendo dividida em 61 parcelas de R$ 400 mil.

Esse montante dividido em pouco mais de cinco anos totalizará R$ 24,4 milhões, sendo completado por outras 12 parcelas de R$ 50 mil (que soma R$ 600 mil) que ao final completará o todo acordado para pagamento.

A dívida da Raposa com o centroavante terá um ano de carência e começará a ser paga a partir de 2022. Caso o Cruzeiro cumpra em dia todos os pagamentos, quitará a pendência trabalhista com o jogador em 2027.

O documento do acordo entre Cruzeiro e Fred cita ainda que o clube pagará juros de 1% ao mês em cada parcela após o prazo de tolerância par atraso, estipulado em cinco dias. Haverá incidência de outros custos também em caso de pagamento em data posterior ao dia do vencimento.

Se somar três parcelas de atraso o acordo prevê ainda extinção do combinado. Sendo assim, o Cruzeiro teria que pagar de uma vez todo o valor devido com o acréscimo de 10% sobre o saldo devedor.

Sobre o Fundo de Garantia do atacante, há a previsão de pagamento integral até o fim do ano que vem. Também com multa e juros caso o descumprimento do acordo.

Os detalhes do acordo foram noticiados pelo GE e Superesportes, e confirmados pelo UOL Esporte.

Fred x Cruzeiro

O atacante Fred cobrava do Cruzeiro algo em torno de R$ 78 milhões por pendências trabalhistas em ação que tramita na 1ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. O jogador pleiteou pagamento de salários, 13º, férias, FGTS, aviso prévio, luvas — bonificações acordadas com o clube na assinatura do contrato — e indenizações pelo encerramento do vínculo.

A Justiça acatou em fevereiro um pedido de rescisã contratual de Fred, que deixou o Cruzeiro e acertou com o Fluminense até 2022.

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do que foi informado, a dívida do clube não representará um quarto de bilhão, mas sim 25 milhões de reais. O erro foi corrigido.

Cruzeiro