PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato desdenha críticas após vaga na semi: "Há um mês não acreditavam"

Renato Gaúcho orienta jogadores do Grêmio em partida contra o Cuiabá - Fernando Alves/AGIF
Renato Gaúcho orienta jogadores do Grêmio em partida contra o Cuiabá Imagem: Fernando Alves/AGIF

Do UOL, em São Paulo

18/11/2020 20h08

Classificação e Jogos

O técnico Renato Portaluppi ironizou as fortes críticas sofridas pelo Grêmio durante a maior parte da temporada após a vitória por 2 a 0 sobre o Cuiabá hoje (18), em Porto Alegre. O triunfo resultou na classificação do Tricolor gaúcho às semifinais da Copa do Brasil, a 15ª da história do clube.

"Há 30 dias, muita gente não acreditava no Grêmio, e o Grêmio está aí. Eu sempre confiei nos profissionais aqui dentro, no meu grupo. Não precisamos provar nada para ninguém. A gente precisa é continuar trabalhando, conquistando vitórias e subindo de produção, tanto na Libertadores, como no Brasileiro e na Copa do Brasil. Somos pagos para isso. Minha confiança é total em todos os departamentos e os resultados estão aí", disse o treinador.

O Grêmio enfrentará nas semifinais o vencedor do confronto entre São Paulo e Flamengo, que será decidido hoje (18), às 21h30 (de Brasília). Questionado se o Rubro-Negro seria um adversário mais forte que o Tricolor paulista, devido aos altos investimentos feitos na construção de seu plantel, Renato evitou ser taxativo, mas garantiu que sua equipe terá dificuldades na briga por uma vaga na decisão.

"Independentemente do que gastou ou não gastou, o São Paulo também tem um grande plantel, também é um time forte. Eu acho que o mais importante de tudo é que o Grêmio fez a parte dele, que o Grêmio está na semifinal. Agora, o São Paulo vai decidir a outra vaga com o Flamengo. São dois grandes grupos. É lógico que o Flamengo, por ter gastado mais, é mais cobrado. Mas, contra qualquer um dos que passar, o Grêmio terá dificuldades. Isso é normal. Hoje em dia não existe mais jogo fácil. Mas volto a repetir: o mais importante é que o Grêmio fez sua parte", afirmou.

O Grêmio volta a campo no domingo (22), quando enfrenta o Corinthians, na Neo Química Arena, às 20h30 (de Brasília), pela 22ª rodada do Brasileirão.

Futebol