PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Auxiliar dedica vaga do Palmeiras na Copa do Brasil aos 19 desfalques

Auxiliar de Abel Ferreira, Vitor Castanheira comanda o Palmeiras contra o Ceará - Cesar Greco/SEPalmeiras
Auxiliar de Abel Ferreira, Vitor Castanheira comanda o Palmeiras contra o Ceará Imagem: Cesar Greco/SEPalmeiras

Do UOL, em São Paulo

18/11/2020 21h54

Vitor Castanheira, auxiliar do suspenso Abel Ferreira, dedicou a classificação do Palmeiras à semifinal da Copa do Brasil aos 19 desfalques da equipe. Sem 15 jogadores com Covid-19, além de três lesionados e Breno Lopes, que já atuou na competição pelo Juventude, o português citou as dificuldades que o Verdão teve de passar para empatar com o Ceará em 2 a 2, hoje (18).

"É um fato que estamos com muitas baixas, gostaria de dedicar o resultado aos que estão em casa. Eles querem ajudar a equipe o mais rápido possível. O nosso foco é na solução, é o que temos de tentar fazer, buscar a melhor estratégia para enfrentar nossos adversários", afirmou.

Mesmo cheio de problemas, o Verdão conseguiu fazer 2 a 0 na Arena Castelão, mas sentiu dificuldades a partir das trocas no segundo tempo, levou o empate e correu riscos. Vitor Castanheira admitiu que também usou o confronto para testar algumas variações táticas, como a entrada de três zagueiros e o posicionamento com cinco atletas na defesa sem a bola.

"Gostamos da variação no jogo. Durante os 90 minutos é impossível manter a mesma agressividade, é preciso em alguns momentos pausar, circular. O espaço vai aparecer. Pela temperatura e pelo desgaste físico dos jogadores, foi um fato, mas acima de tudo é buscar variações no jogo. É o que pretendemos", acrescentou.

"A equipe emocionalmente está bem. O grupo está confiante, unido e tem mostrado, dando o máximo. Mesmo com baixas, os jogadores correspondem e só podemos agradecer ao esforço que foi feito", concluiu.

Palmeiras