PUBLICIDADE
Topo

Eliminatórias Sul-Americanas

Técnico da Colômbia polemiza ao defender jogador acusado de agredir mulher

Carlos Queiroz, técnico da seleção da Colômbia - Gabriel Carneiro/UOL
Carlos Queiroz, técnico da seleção da Colômbia Imagem: Gabriel Carneiro/UOL

Do UOL, em São Paulo

10/11/2020 21h21

Classificação e Jogos

O técnico da seleção colombiana, Carlos Queiroz, se envolveu em uma polêmica após a entrevista coletiva antes dos jogos das eliminatórias sul-americanas. Em áudio vazado, o português defende jogador que é acusado de agredir a mulher.

Em áudio captado após a coletiva, Queiroz comenta o caso. "Se todos os homens que levam socos das mulheres fossem à imprensa falar, o mundo estaria f...", afirmou o português.

Após a divulgação do áudio, Queiroz usou as redes sociais para explicar suas declarações. "Diante de qualquer mal-entendido que resulte do áudio, parcial e privado, após a entrevista coletiva, reafirmo pública e inequivocamente, como fiz na conferência, a convicção de que qualquer julgamento e condenação da mídia não substituem a função primária da justiça", escreveu.

Sebastián Villa, atacante do Boca Juniors, foi acusado de violência contra sua companheira Daniela Cortés em abril. Ela publicou fotos e vídeos que seriam das agressões do jogador colombiano.

O Boca Juniors, clube onde joga Villa, publicou um comunicado em que dizia que investigaria o episódio, defende as "questões de gênero" e "tem compromisso com valores de igualdade e respeito".

A seleção da Colômbia ocupa o terceiro lugar das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar e enfrenta o Uruguai na sexta-feira (13). Depois, na terça-feira (17), pega o Equador.