PUBLICIDADE
Topo

Santos

Bastidores do Santos: A contragosto, comissão libera Copete para o Cruzeiro

Copete, em treino do Santos no CT Rei Pelé - Ivan Storti/Santos FC
Copete, em treino do Santos no CT Rei Pelé Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

10/11/2020 12h13

O Santos vai liberar o colombiano Jonathan Copete, que deve acertar com o Cruzeiro nos próximos dias como informou o UOL Esporte. A decisão desagradou bastante à comissão técnica do clube, que pediu especificamente pela regularização do jogador.

O Peixe teve uma janela de poucos dias sem o bloqueio de registro de novos jogadores após o acordo com o Hamburgo (ALE). Entre sexta-feira, dia 9 de outubro e terça-feira, dia 13 de outubro, o clube teve a possibilidade de inscrever reforços e regularizou o zagueiro Laércio, além de contratar o atacante Robinho — hoje com contrato suspenso.

O clube tentou regularizar a situação de Copete, que retornou antes de seu empréstimo e já treinava no clube, mas não conseguiu por ser uma transferência internacional, que demanda mais tempo para envio de documentos. O fato de ter apenas um dia útil entre os quatro em que ficou desbloqueado também atrapalhou. Na terça-feira, o clube foi novamente punido pelas dívidas com Huachipato (CHI) e Atletico Nacional (COL).

A comissão técnica, sabendo que não poderia ter reforços, enfatizou a importância de conseguir regularizar o jogador que poderia atuar como atacante ou lateral-esquerdo — posição em que o elenco conta apenas com Felipe Jonatan. Segundo relatos, o colombiano vinha treinando bem.

Com dificuldade financeira até para pagar salários, o Peixe não tem prazo para conseguir a liberação na Fifa e só poderia inscrever jogadores no Brasileirão até o dia 20 deste mês. Assim, para não deixar o atleta impedido de jogar, autorizou sua saída.

Santos