PUBLICIDADE
Topo

Santos

Cuquinha detona primeiro tempo do Santos: "Foi horrível, não é normal"

Cuquinha comandou o Santos contra o Corinthians após suspensão de Cuca - Ivan Storti/Santos FC
Cuquinha comandou o Santos contra o Corinthians após suspensão de Cuca Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

08/11/2020 21h50

O Santos empatou com o Red Bull Bragantino por 1 a 1 na noite de hoje (8), no estádio Nabi Abi Chedid, pela 20ª rodada do Brasileirão. O desempenho da equipe, sobretudo no primeiro tempo, não agradou nem um pouco ao auxiliar técnico Cuquinha, que comandou a equipe no duelo na ausência de Cuca.

Cuquinha não poupou críticas, afirmou que o desempenhou esteve muito abaixo do esperado e classificou o primeiro tempo como "horrível".

"Primeiro tempo foi horrível, foi muito abaixo, até os próprios jogadores no intervalo estava se cobrando porque não é normal fazer um primeiro tempo tão ruim como foi. Segundo tempo melhorou um pouco, tivemos mais o controle, mas fomos penalizados com um gol no final. Raio caiu duas vezes no mesmo lugar, no primeiro turno e agora no segundo turno", disse o auxiliar técnico, lembrando que no primeiro turno o Red Bull Bragantino também empatou no último minuto após escanteio.

O desempenho fez Cuquinha promover três alterações logo no intervalo: saíram Madson, Jean Mota e Arthur Gomes para as entradas de Lucas Lourenço, Pará e Lucas Braga.

"As mudanças foram para mudar a atitude, a postura do nosso time que não foi boa. Se pudesse colocaríamos mais (jogadores). Hoje foi dia (ruim), isso acontece. Ninguém entra em campo para jogar mal. No segundo tempo, tivemos mais chance de contra-ataques, jogo estava controlado, passamos por perigos lá atrás, mas o jogo estava controlado com exceção dos últimos dois minutos com bola na área. A gente sabia que podia acontecer e aconteceu", afirmou.

Diretores do Santos afirmaram que a equipe foi prejudicada pela arbitragem por causa do segundo escanteio cobrado em sequência após os 50 minutos. O Peixe volta a campo no próximo sábado, às 16h30, quando recebe o Internacional na Vila Belmiro.

Santos