PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

São Paulo vence Goiás de virada e dorme a dois pontos do líder Inter

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/11/2020 21h01

O São Paulo saiu atrás do placar, mas teve forças para vencer o Goiás de virada por 2 a 1, hoje à noite, no estádio do Morumbi, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols são-paulinos foram marcados por Brenner e Igor Gomes — Fernandão descontou para os visitantes.

Com a vitória sobre o lanterna, o Tricolor paulista chegou à terceira posição com 33 pontos, somente a dois pontos atrás do líder Internacional e com jogos a menos. O Esmeraldino segue na lanterna da competição, com apenas 12 pontos.

Agora, o São Paulo inicia a preparação para o jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, na quarta-feira (11), no Maracanã, às 21h30 (de Brasília). Já o Goiás, volta a campo só no próximo sábado (14), contra o Athletico-PR, às 17h, no estádio Hailé Pinheiro, ainda pelo Brasileiro.

O melhor: Igor Gomes evita empate contra o lanterna

O jovem meio-campista do São Paulo foi o autor do gol da vitória de virada sobre o Goiás. Porém, além do gol, ele foi importante com desarmes e imposição física em grande parte da partida.

O pior: Breno é expulso e deixa campo mais cedo

O volante do Goiás se mostrou muito irritado com algumas decisões da arbitragem e foi expulso após uma falta boba em Tiago Volpi. Com um a menos, o Esmeraldino não conseguiu pressionar o Tricolor paulista em busca do empate.

São Paulo domina ações, mas abusa do jogo aéreo

O técnico Fernando Diniz não contou com Tchê Tchê, que testou positivo para Covid-19. Ele optou por Vitor Bueno no meio-campo para deixar a equipe mais ofensiva, enquanto Juanfran ocupou a lateral —posição que Tchê Tchê ocupou nas últimas partidas, por sinal.

Goiás busca contra-ataque, mas não tem velocidade

O Tricolor paulista dominou as ações ofensivas, mas mostrou-se muito dependente da bola área — só na primeira etapa foram 24 cruzamentos, número superior a média por jogo da equipe. O Esmeraldino entrou em campo com uma proposta clara: se fechar na defesa e explorar os erros do adversário. Apesar de chegar ao gol na primeira etapa, demonstrou falta de velocidade para atacar o lado direito do São Paulo, que contava com Juanfran.

VAR é acionado nos dois gols da primeira etapa

O Goiás abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo. Fernandão ganhou uma dividida do zagueiro Diego Costa e deixou Vinicius na cara de Volpi, o jovem atacante se atrapalhou, mas conseguiu devolver a bola para o camisa 99, que bateu para o gol quase vazio. Os jogadores do São Paulo reclamaram de um possível jogo perigoso de Fernandão, mas a arbitragem confirmou o gol.

Ainda no primeiro tempo, aos 25, Juanfran cruzou na cabeça de Brenner, o atacante cabeceou forte, e Tadeu fez a defesa. No entanto, o assistente Ricardo Bezerra Chianca confirmou o gol dizendo que ela tinha ultrapassado a linha. O VAR manteve a decisão do campo.

Diniz tira um zagueiro e coloca time para frente

Após 10 minutos da etapa final, Fernando Diniz colocou Pablo no lugar de Diego Costa e Hernanes na vaga de Vitor Bueno. Com a alteração, o volante Luan passou a ser um defensor, na tentativa de chegar a vitória.

Com apenas um zagueiro de origem, o São Paulo ganhou mais volume de jogo e conseguiu chegar ao gol que deu o triunfo aos 33 minutos do segundo tempo, com Igor Gomes.

Tadeu evita derrota ainda maior

O goleiro do Goiás foi um dos principais nomes do jogo. Ele fez ao menos sete defesas que não permitiram o São Paulo construir uma vantagem ainda mais elástica.

Cronologia do jogo

O Goiás abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo com Fernandão. O atacante tabelou com Vinicius que não conseguiu finalizar. Porém, Volpi e Bruno Alves se atrapalharam e Fernandão recebeu de volta para bater para o gol quase vazio. O empate do Tricolor Paulista chegou sete minutos depois, Juanfran avançou pela direita e fez um belo cruzamento na cabeça de Brenner, que não perdoou.

Na segunda etapa, o time de Diniz continuou dominando as ações e chegou ao gol da vitória aos 33 minutos do segundo tempo. A defesa do São Paulo tentou lançamento para o campo de ataque, mas a zaga do Goiás afastou mal e ela sobrou limpa para Igor Gomes que bateu cruzado da entrada da área para vencer Tadeu.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 2 x 1 GOIÁS

Data: 7 de novembro de 2020, sábado
Horário: às 19h (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (20ª rodada)
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Cartões amarelos: Luan e Gabriel Sara (SAO); Breno (GOI)

Cartão vermelho:Breno (GOI)

Gols: Brenner (SAO), aos 25 minutos do primeiro tempo e Igor Gomes, aos 33 minutos do segundo tempo; Fernandão (GOI), aos 18 minutos do primeiro tempo.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinicius), Diego Costa (Pablo), Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Gabriel Sara (Arboleda) e Igor Gomes; Vitor Bueno (Hernanes), Luciano e Brenner (Rodrigo Nestor). Técnico: Fernando Diniz.

GOIÁS: Tadeu; Pintado, David Duarte, Chico (Heron) e Cajú; Ariel, Breno e Gilberto (Sandro); Douglas Baggio (Victor Andrade), Vinicius e Fernandão (Rafael Moura). Técnico: Enderson Moreira.