PUBLICIDADE
Topo

Santos

Jogador do mês na Holanda, Danilo Pereira revela: "Santos não me quis"

Danilo Pereira é destaque do Twente no Campeonato Holandês - Reprodução/FC Twente
Danilo Pereira é destaque do Twente no Campeonato Holandês Imagem: Reprodução/FC Twente

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

07/11/2020 04h00

O atacante Danilo Pereira foi eleito o jogador sub-21 do mês de outubro na Eredivisie, a primeira divisão do Campeonato Holandês. O jogador 21 anos fez seis gols e deu quatro assistências em sete jogos neste início de torneio, liderando assim a competição em participação em gols.

Danilo é o camisa 9 do atual sexto colocado do torneio, o Twente, modesta equipe holandesa que brigou mais contra o rebaixamento do que por competições europeias nos últimos anos. O atacante tem os seus direitos econômicos ligados ao Ajax e se destacou na equipe B, mas pediu para ser emprestado para mostrar seu valor no profissional.

"Comecei a chamar atenção no time B marcando gols. Passei mais um ano e tive uma chance no profissional. Neste ano, perguntei se teria chance na equipe de cima e o treinador disse que não me via entre os titulares. Então, pedi para ser emprestado para ganhar oportunidade no profissional. Queria ter minha chance no Ajax, era meu sonho, mas os atacantes que estão lá são muito qualificados, por isso eles estão lá", disse Danilo em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Danielo chegou ao Ajax em 2017, após ouvir um "não" do Santos em reunião pedindo um contrato profissional. Já perto de completar 18 anos, mas somente há quatro meses no clube, Danilo tinha apenas vínculo de formação no Peixe, que não quis renovar.

"Meu antigo empresário sentou com o Santos para conversar e queria fazer o contrato profissional, mas o Santos não me quis, disse que era muito cedo. Isso depois de eu estar sempre brigando pela artilharia e fazendo gol todo jogo. Disseram que eu só teria contrato de formação e se chegasse à seleção ou brigasse por espaço no profissional, aí assinariam", explicou. Danilo foi o artilheiro do sub-20 do Santos no Estadual da categoria daquele ano.

Nesse meio tempo, o Ajax apareceu. A equipe holandesa já acompanhava o desenvolvimento de Danilo há três anos, desde quando o atacante atuava pela Ponte Preta, mas foi na Vila Belmiro que o gigante holandês viu o real potencial do jogador e fez seu movimento para levá-lo. Ele também passou pelas categorias de base do Corinthians e do Vasco.

Se já chamava atenção da equipe B, com 19 gols em 33 jogos na temporada 2018/19, Danilo vem repetindo o feito agora no profissional.

"Tem sido um começo brilhante pra mim, não imaginava começar desse jeito. Estou trabalhando firme para melhorar sempre. A equipe está me ajudando muito. As coisas estão acontecendo e é trabalhar para chegar ao fim da temporada brigando pela artilharia", disse.

O desempenho faz o garoto sonhar em chegar à seleção brasileira para a disputa da Olimpíada de Tóquio, que será realizada em 2021.

"Meu principal sonho é chegar à seleção brasileira. É o objetivo que coloco na minha carreira em curto prazo. Chegar na seleção olímpica e, quem sabe, na principal. E meu outro objetivo é seguir atuando bem no Twente e me firmar cada vez mais no futebol europeu. Jogar as Olimpíadas é um grande sonho", estipulou.

Santos