PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

SPFC vira sobre Lanús, mas gol nos acréscimos elimina time da Sul-Americana

De la Vega, do Lanús, comemora gol marcado contra o São Paulo, em jogo da Copa Sul-Americana no Morumbi - Divulgação/Conmebol
De la Vega, do Lanús, comemora gol marcado contra o São Paulo, em jogo da Copa Sul-Americana no Morumbi Imagem: Divulgação/Conmebol

Do UOL, em São Paulo

04/11/2020 21h12

Classificação e Jogos

Em final de jogo emocionante, com três gols em seis minutos, aos 87, 90 e 93 minutos, o São Paulo venceu o Lanús por 4 a 3, mas foi eliminado na segunda fase da Copa Sul-Americana 2020, hoje (4) à noite, em pleno Morumbi. O time de Fernando Diniz caiu na competição por causa do critério do gol como visitante. No jogo de ida, na Argentina, o Lanús ganhou por 3 a 2.

Os argentinos abriram o placar com Pedro De la Vera e sofreram o empate com Daniel Alves. Braian Aguirre deixou os estrangeiros à frente de novo, e Pablo igualou no segundo tempo. Thaller (contra) e Gabriel Sara deixaram o Tricolor em vantagem, mas Orsini fez nos acréscimos e eliminou o São Paulo.

Quem foi bem: Daniel Alves

Daniel Alves desencantou em seu 50º jogo pelo São Paulo. O dono da camisa 10 aproveitou desvio de Diego Costa após escanteio de Reinaldo para estufar a rede adversária. O craque não sabia o que era celebrar um gol desde 23 de agosto passado, quando o time paulista venceu o Fortaleza por 1 a 0, pela segunda rodada do Brasileirão 2020. De lá para cá, ele ficou 15 jogos sem celebrar um gol pela equipe comandada por Fernando Diniz.

No segundo tempo, foi o meio-campista quem deu passe perfeito para Pablo balançar a rede. Ele voltou a dar assistência para Gabriel Sara. Daniel Alves soma nove gols e sete assistências desde a sua chegada ao Tricolor. Ele fez 26 jogos no Morumbi, com cinco gols e quatro assistências.

Quem foi mal: Tchê Tchê

Tchê Tchê falhou nos dois gols sofridos pelo São Paulo no primeiro tempo da partida. Improvisado na lateral direita, ele errou ao tentar recuo de cabeça e dar passe para De La Vega. O lance culminou em gol do jovem atleta do Lanús. No outro lance, nos minutos finais da etapa inicial, o jogador se posicionou como um zagueiro e deixou Braian Aguirre livre para finalizar nas suas costas.

Herói em vitória sobre o Fla, Volpi é destaque novamente

Destaque na vitória sobre o Flamengo, no último domingo (1), Tiago Volpi voltou a brilhar em uma partida do São Paulo. O goleiro fez boas defesas na primeira etapa e evitou que o Lanús fizesse mais que dois gols nos 45 minutos iniciais. No segundo tempo, ele se tornou um mero espectador da partida e não fez nem sequer uma defesa no período.

Atuação do São Paulo

Mesmo com mais posse de bola no primeiro tempo, o São Paulo ficou muito exposto. Os comandados de Fernando Diniz cederam espaço pelos dois lados do campo, nas costas de Reinaldo e Tchê Tchê. A dupla encontrou dificuldades para ajustar a marcação nos 45 minutos iniciais. No setor ofensivo, o time seguiu com problemas para criar. Igor Gomes e Gabriel Sara não apareceram tanto nesta faixa do gramado. Na volta do intervalo, Fernando Diniz tirou Diego Costa para escalar Pablo. A mudança deixou o mandante mais ofensivo, mas sem expor tanto a defesa. Reinaldo, Bruno Alves e Luan se posicionaram como zagueiros e ajudaram a equipe a ter mais opções no ataque.

Atuação do Lanús

Fechado na defesa, o Lanús apostou em contra-ataques para levar perigo ao gol do São Paulo. O time argentino teve menos de 30% da posse de bola nos dois tempos. Porém, durante a etapa inicial, conseguiu controlar o adversário e ainda levar perigo à meta de Tiago Volpi, explorando as brechas dadas por Tchê Tchê e Reinaldo. Foi assim que a equipe marcou duas vezes no compromisso de volta da segunda fase da Sul-Americana. No retorno do intervalo, o time não conseguiu criar jogadas e se tornou presa fácil para o Tricolor no Morumbi.

Cronologia do jogo

O Lanús abriu o placar após vacilo de Tchê Tchê. O lateral direito errou na saída de bola e entregou nos pés de Pedro De La Vega. O jogador finalizou de fora da área e abriu o placar aos 17 minutos. Ainda na etapa inicial, aos 26 minutos, Daniel Alves marcou após desvio de Diego Costa em cobrança de escanteio. No fim da primeira etapa, aos 43, Braian Aguirre aproveitou cruzamento de Di Plácido para deixar a sua marca no Morumbi e colocar o time argentino em vantagem novamente.

No segundo tempo do jogo, Pablo entrou na vaga de Diego Costa. O atacante, inclusive, foi quem igualou o marcador. Ele recebeu passe de Daniel Alves e deixou a sua marca aos 61 minutos. Thaller fez um gol contra após cruzamento de Gabriel Sara. O zagueiro falhou no lance e mandou para o fundo da rede de Morales, aos 87 minutos. Gabriel Sara, após ótimo cruzamento de Daniel Alves, deixou a sua marca de cabeça aos 90 minutos. O Tricolor foi eliminado com um gol de Orsini, aos 93 minutos.

Ficha técnica
São Paulo 4 x 3 Lanús

Motivo: volta da segunda fase da Copa Sul-Americana 2020
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 4 de novembro de 2020 (quarta-feira)
Horário: às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Assistentes: Jorge Urrego (VEN) e Tulio Moreno (VEN)
Quarto árbitro: Orlando Bracamonte (VEN)

Cartão amarelo: Gabriel Sara (São Paulo); Facundo Pérez, Guillermo Burdisso, Tomás Belmonte, Lautaro Morales, Lautaro Acosta (Lanús)

Gol(s): Pedro de la Vega, aos 17 minutos (0-1); Daniel Alves, aos 26 minutos (1-1); Braian Aguirre, aos 43 minutos (1-2); Pablo, aos 61 minutos (2-2); Nicolás Thaller, aos 87 minutos (3-2); Gabriel Sara, aos 90 minutos (4-2); Nicolás Orsini, aos 93 minutos (4-3)

São Paulo: Volpi; Tchê Tchê, Diego Costa (Pablo), Bruno Alves (Vitor Bueno) e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes, Luciano (Léo) e Brenner (Arboleda). Técnico: Fernando Diniz.

Lanús: Morales; Di Plácido, Thaller, Burdisso e Aguirre (Orozco); Belmonte; De la Vega (Nicolás Orsini), Vera (Facundo Quignón), Pérez e Bernabei (Lautaro Acosta); Sand. Técnico: Luis Zubeldia.

São Paulo