PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro pode ter time de basquete e estuda voltar ao futebol americano

Cruzeiro deve firmar parceria com time de basquete e retomar equipe de futebol americano - Divulgação Sada Bulldogs e Montes Claros Basketball
Cruzeiro deve firmar parceria com time de basquete e retomar equipe de futebol americano Imagem: Divulgação Sada Bulldogs e Montes Claros Basketball

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

04/11/2020 04h00

Depois de a antiga diretoria do Cruzeiro encerrar atividades do atletismo, além do fim do time estrelado no futebol americano, equipes que elevavam a marca do clube Brasil afora, a atual gestão da Raposa pretende retomar parcerias e projetos nos esportes especializados.

Segundo apurou o UOL Esporte, existem duas negociações em curso para que o Cruzeiro seja parceiro de uma equipe de basquete e também volte a ter um time para disputar campeonatos no futebol americano.

O projeto relacionado ao basquete está em discussão e a parceria pode ser firmada entre o clube celeste e o Montes Claros Basketball, registrado em setembro deste ano na Federação Mineira de Basketball, e que tenta inscrição para disputar no ano que vem competições nacionais.

Já em relação ao futebol americano, a parceria que deve acontecer envolve o Sada Bulldogs, time da cidade de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em conversa com o UOL, o próprio presidente do Cruzeiro chegou a confirmar que havia conversas para o clube.

"Como a gente tem o atletismo, estamos caminhando para voltar ao futebol americano, o basquete é uma possibilidade grande", comentou.

Futebol Americano

O Cruzeiro já teve duas equipes de futebol americano, mas encerrou as atividades do esporte no clube no ano passado. Em 2017, a primeira parceria era com o FA Get Eagles, que junto da empresa Sada, de propriedade do ex-CEO do Conselho Gestor cruzeirense Vittorio Medioli, levou a Raposa a faturar um título nacional na categoria.

Com a entrada de Wagner Pires de Sá na presidência do Cruzeiro, em 2018, houve o rompimento da parceria com o Get Eagles e o início de um trabalho com o JF Imperadores. O time foi encerrado de forma polêmica após uma sequência de erros administrativos.

O Get Eagles, inclusive, ao encerrar a parceria com o Cruzeiro, assinou contrato com o arquirrival Atlético-MG.

Cruzeiro