PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Bastidores do Palmeiras: Clube discute reforços com novo treinador

Alexandre Zanotta, Paulo Buosi, Abel Ferreira, Anderson Barros e Edu Dracena no Palmeiras - Cesar Greco
Alexandre Zanotta, Paulo Buosi, Abel Ferreira, Anderson Barros e Edu Dracena no Palmeiras Imagem: Cesar Greco

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

04/11/2020 16h00

A janela de transferências internacionais fecha na próxima segunda-feira (9), e o Palmeiras ainda estuda contratações pontuais no mercado da bola. Agora com o técnico Abel Ferreira no comando, o clube avalia com a nova comissão técnica quais posições pode melhorar para o restante da temporada.

Antes da chegada do português, o Verdão havia diagnosticado a necessidade de contratar: um zagueiro que atue pelo lado esquerdo e um lateral esquerdo. Cacá, defensor do Cruzeiro, é um desejo antigo, mas a Raposa quer uma boa valorização para negociá-lo. Por isso, o clube anunciou a contratação na tarde de hoje (4) de Benjamin Kuscevic, chileno da Universidad Católia (CHI).

Marquinhos Cipriano, do Shakhtar (UCR), era um alvo para atuar tanto como ponta quanto como lateral. O time ucraniano, porém, recusou a oferta de empréstimo até o fim do ano que vem, e a tendência é de que Cipriano continue no clube, mesmo sem jogar com frequência.

Com orçamento prejudicado e calendário apertado, o Palmeiras sabe que precisará ser criativo. Abel Ferreira, em sua primeira entrevista, disse que não é preciso de muito — o elenco atualmente conta com 25 atletas, sendo três goleiros.

"O primeiro que temos que fazer é olhar para dentro do clube e saber se tem alguém aqui que pode ocupar essa exigência. Não precisamos buscar jovens, pois aqui temos. Se não acontecer, vamos atrás. Mas fiz meu diagnóstico. Não é preciso mexer muito, temos bons jogadores. Já entreguei esse diagnóstico ao nosso diretor. E será sempre nessa linha: procurar dentro do clube; se não tiver, procuramos fora. Não tem que mexer muito, estamos bem, temos uma base muito boa. Mas temos o Viña com 17 jogos seguidos. Ele é top. Vamos perder alguns para seleções. Vamos ter que procurar soluções. Estamos em todas as competições por méritos de quem trabalhou antes de mim. Todas nossas decisões serão para melhorar o Palmeiras e o nosso plantel", avisou.

Palmeiras