PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2020

Inter "acorda" no segundo tempo, bate o Atlético-GO e vai às quartas

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

03/11/2020 23h22

O Inter está classificado às quartas de final da Copa do Brasil. Depois de um primeiro tempo com muitas dificuldades, o Colorado fez 2 a 1 no Atlético-GO, gols de Thiago Galhardo e Rodinei de Almeida, hoje (3), no Beira-Rio, em duelo de volta das oitavas de final. Júnior Brandão marcou o gol dos visitantes.

O Colorado já largou em vantagem, pois tinha vencido o jogo de ida por 2 a 1. Agora, aguarda o adversário a ser conhecido em sorteio, que será realizado nesta sexta-feira, na CBF.

Antes disso, o Inter encara o Coritiba, domingo, e o Atlético-GO enfrenta o Corinthians, sábado, ambos pelo Brasileiro.

Foi bem: Galhardo sai do banco e abre caminho para vaga

Thiago Galhardo começou o jogo no banco de reservas e entrou só no intervalo. O artilheiro do Brasileiro precisou apenas de nove minutos em campo para marcar e abrir caminho para classificação gaúcha. Antes do fim do jogo, ele precisou sair após torcer o tornozelo.

Foi mal: Jean falha em gol do Inter

Um chute de fora da área de Nonato foi rebatido para frente por Jean e caiu nos pés de Thiago Galhardo. O atacante ainda driblou o goleiro para marcar. A falha foi vital para que o Dragão sofresse o gol.

Rodinei faz golaço

Em uma de suas melhores atuações com a camisa do Inter, Rodinei sempre foi arma pelo lado direito. No segundo tempo, com o crescimento do time após as entradas de Galhardo e Edenilson, sobrou espaço para se apresentar ao ataque, driblar e fazer um golaço de pé esquerdo.

O jogo do Inter: Inter "preso" até o segundo tempo

O Internacional esteve preso durante todo primeiro tempo. Com Nonato, Musto, Johnny e Patrick no meio, os jogadores se apresentaram para jogadas apoiadas e trocas de passes curtos, mas não conseguiram explorar espaços mais perto do gol do Atlético-GO. Sem criatividade para encontrar Leandro Fernández e Yuri Alberto, o Colorado ameaçou pouco o gol de Jean. Mas bastou Eduardo Coudet mudar o para os gols saírem. Edenilson e Thiago Galhardo entraram. O meio-campista tomou a bola que iniciou a jogada, e o atacante fez o gol. Rodinei ainda marcou um golaço para definir a classificação.

O jogo do Atlético-GO: Muito esforço e poucas chances

O Atlético-GO mostrou muita vontade em campo. Os jogadores do Dragão disputaram todos os lances com muita vontade, força, até foram ríspidos eventualmente. Mas, na mesma proporção faltou capacidade técnica. Sobraram erros de passes, chutes, dribles e domínios. Assim, em poucos lances o time de Eduardo Souza realmente esteve perto do gol. Em lances isolados, ameaçou na etapa final e até chegou a descontar antes do fim.

Orçamento mais perto

A classificação do Inter deixa o time mais perto de atingir a premiação prevista em orçamento. No planejamento do ano, o Colorado definiu que chegará até a semifinal da competição. Os valores de premiação são pagos apenas em 2021, na conclusão da temporada.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 X 1 ATLÉTICO-GO

Data: 03/11/2020 - terça-feira
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Auxiliares: Felipe Alan Costa e Celso Luiz da Silva
VAR: Igor Junio Benevenuto
Cartões amarelos: Gilvan, João Victor (ATL); Yuri Alberto, Nonato (INT)
Gols: Thiago Galhardo, do Inter, aos 9 minutos do segundo tempo; Rodinei, do Inter, aos 31 minutos do segundo tempo; Júnior Brandão, do Atlético-GO, aos 40 minutos do segundo tempo;

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Cuesta e Moisés; Musto, Johnny (Edenilson), Nonato e Patrick (D'Alessandro); Leandro Fernández (Galhardo) (Praxedes) e Yuri Alberto (Abel Hernández).
Técnico: Eduardo Coudet

ATLÉTICO-GO
Jean; Luan, João Victor, Gilvan e Nicolas; William Maranhão, Marlon Freitas e Janderson; Matheus Vargas (Wellington Rato), Chico (Matheuzinho) e Hyuri (Júnior Brandão).
Técnico: Eduardo Souza

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que informado anteriormente, dia 3 de novembro foi terça-feira e não quinta-feira. O erro foi corrigido.
Ao contrário do que informado anteriormente, o segundo gol do Inter foi marcado por Rodinei e não Edenílson. O erro foi corrigido.