PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato Gaúcho lamenta desfalques e valoriza "pequena vantagem" do Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

30/10/2020 00h20

Renato Gaúcho lamentou os desfalques e valorizou a vantagem obtida pelo Grêmio na vitória por 1 a 0 sobre o Juventude em jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

"Toda vantagem que você leva para uma decisão, seja qual for, é importante. É uma pequena vantagem, mas é uma vantagem. Procuramos um resultado melhor, mas o Juventude segurou bastante", disse Portaluppi.

O Grêmio marcou cedo, com Isaque, mas depois viu o Juventude crescer. No segundo tempo, a equipe tricolor controlou o jogo e manteve uma postura segura. Ameaça mesmo aconteceu apenas numa chance incrível perdida pelo atacante Breno, da equipe da serra gaúcha.

"Eu vi os outros jogos da Copa do Brasil e o Grêmio foi o único mandante que venceu. Então, os outros adversários não conseguiram esta vantagem, e irão numa desvantagem muito grande para o jogo de volta, fora de casa. Não tem jogo fácil. Em qualquer competição, seja Brasileiro, Libertadores ou Copa do Brasil, é sempre muito difícil. Buscamos o resultado o tempo todo. É uma partida de 180 minutos, vencemos os primeiros 90 e teremos a conclusão em Caxias do Sul", explicou o treinador.

Nas justificativas para queda de rendimento no segundo tempo, Renato citou as baixas que prejudicaram sua equipe. Jogadores importantes como Maicon e Robinho não puderam atuar.

"É o nosso problema: sempre muita gente fora. Jogadores que poderiam nos ajudar ou estão no departamento médico ou não podem jogar. O Matheus (Henrique) voltou depois da Covid-19 e isso debilita muito o jogador. Enfrentamos um time que vinha muito bem, está bem na Série B, foi um placar magro, mas importante", disse o treinador.

"Tenho certeza que no jogo de volta teremos jogadores voltando bem mais fortes e em melhores condições", completou.

O duelo de volta entre Grêmio e Juventude está marcado para a próxima quinta-feira. O Tricolor joga por qualquer vitória ou empate para seguir na competição. Antes, porém, está no calendário a volta ao Brasileiro e o confronto com o Bragantino, segunda-feira.

Futebol