PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Como a falta de artilheiro breca a recuperação do Corinthians na temporada

Boselli em ação pelo Corinthians contra o Flamengo: atacante soma seis gols em 21 jogos na temporada - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Boselli em ação pelo Corinthians contra o Flamengo: atacante soma seis gols em 21 jogos na temporada Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

27/10/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Corinthians conseguiu amenizar a crise com uma vitória sobre o Vasco na última quarta-feira (21), marcada pela utilização de um esquema tático sem centroavante, com dois atacantes na frente, sem presença constante na área.

A tática adotada por Vagner Mancini ocorreu devido à lesão muscular de Jô. Mesmo com Boselli à disposição, o treinador optou por um time sem centroavante. Com mais movimentação, a estratégia deu resultados. Gustavo Mantuan, que ganhou a posição no ataque, por exemplo, abriu o placar em São Januário.

Em dificuldades na temporada e ainda perto da zona de rebaixamento, o Corinthians tem sentido falta de gols de artilheiros na temporada. Os goleadores da equipe são Boselli e Luan, ambos com seis gols — o argentino entrou em campo 21 vezes. Jô, por sua vez, soma cinco e, depois de um bom começo, passou a ser menos efetivo. Ele disputou 19 partidas após o retorno ao clube.

No Brasileirão, o Corinthians foi às redes 21 vezes e passou em branco em cinco duelos, com três empates por 0 a 0 e duas derrotas. O time chegou a fazer três gols em um só jogo em duas oportunidades. Em uma delas, diante do Bahia, com Dyego Coelho no comando, a equipe viu os meias Roni e Otero, além do zagueiro Gil irem às redes.

Amanhã (28), na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na Neo Química Arena, diante do América-MG, o Corinthians deve entrar em campo com um centroavante. Jô ainda é dúvida. Boselli deve ocupar a vaga.

Artilheiro em falta desde 2017

Com o desempenho ruim dos jogadores que atuam mais à frente, o Corinthians repete os resultados dos últimos dois anos. A média da atual temporada é de 1,17 gol por jogo, similar às de 2019 e 2018.

Na última temporada em que um artilheiro se destacou, com Jô, em 2017, o time atingiu a média de 1,26 gol por partida. Os resultados vieram junto, com os títulos paulista e brasileiro. Jô fez 25 gols naquele ano, com mais 12 de Romero e 11 de Rodriguinho.

Sem Jô nas duas temporadas seguintes, o Corinthians viu o meia Jadson ser o maior goleador em 2018, com 15 gols. No ano seguinte, Vagner Love e Gustagol dividiram o topo, mas sem atingir a metade dos gols de Jô em 2017 — cada um deles fez 12.

Os artilheiros do Corinthians nas últimas temporadas

2017 (68 jogos)
Jô 25 gols
Rodriguinho 11 gols
Jadson 10 gols

2018 (72 jogos)
Jadson 15 gols
Romero 12 gols
Rodriguinho 11 gols

2019 (74 jogos)
Vagner Love 12 gols
Gustagol 12 gols
Boselli 10 gols

2020 (36 jogos)
Boselli 6 gols
Luan 6 gols
Jô 5 gols

Corinthians