PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

'Colocamos os interesses do Barça em 1º lugar', diz Bartomeu sobre Messi

Presidente do Barcelona diz que aposentadoria de Messi no clube é "melhor para todos" - Luis Gene/AFP
Presidente do Barcelona diz que aposentadoria de Messi no clube é "melhor para todos" Imagem: Luis Gene/AFP

Do UOL, em São Paulo

26/10/2020 18h09

Depois de uma extensa reunião com a diretoria do Barcelona que durou mais de quatro horas, o presidente Josep Maria Bartomeu concedeu entrevista e falou sobre a situação de Messi na equipe.

"Quando soube que o Messi queria ir embora, entrei em contato com ele e sua família para dizer que Léo é o melhor jogador do mundo, e parte do projeto", disse.

Após a derrota por 8 a 2 para o Bayern de Munique na semifinal da Liga dos Campeões, a união entre o time e o craque parecia balançar.

Messi tentou uma rescisão unilateral com base em uma cláusula contratual, mas de acordo com o clube, era necessário o pagamento de uma multa rescisória de 700 milhões de euros.

"Ele ficou desapontado e frustrado com os resultados, mas havia um prazo para ele anunciar se sairia ou não e ele expirou", disse. O contrato de Messi com o Barcelona é válido até junho de 2021.

"A prioridade era que Messi fizesse parte do novo projeto, e eu decidi não enfrentar uma discussão dialética. Ele me acusou de forçar sua saída para salvar as finanças, mas colocamos os interesses do Barcelona em primeiro lugar, e não queríamos reforçar um adversário direto. Tomamos uma decisão aceitando o desgaste", revelou Bartomeu.

Bartomeu negou os rumores de que pensou em deixar o clube diante do impasse. "Nunca me passou pela cabeça me demitir".

Ele avalia que a aposentadoria de Messi no Barcelona "é o melhor para todos". "O projeto é muito interessante, com jovens e veteranos, como o Messi. Acho que vamos conquistar um título nesta temporada".

No último sábado, o Barcelona perdeu por 3 a 1 para o Real Madrid em casa, pelo Campeonato Espanhol.

O próximo compromisso é pela fase de grupos da Liga dos Campeões, na quarta-feira, 28, às 17h, contra a Juventus.

Barcelona