PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato diz que só Flamengo destoa no Brasil: 'todos têm de melhorar"

Lucas Uebel/GRÊMIO FBPA
Imagem: Lucas Uebel/GRÊMIO FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

23/10/2020 04h00

Renato Gaúcho admitiu que o Grêmio fez um jogo ruim contra o América de Cali, da Colômbia, na última rodada da Copa Libertadores. O treinador assumiu a responsabilidade por ter escalado Orejuela no meio-campo, mas disse que somente o Flamengo tem apresentado futebol diferente. Na visão do técnico, todos os demais precisam melhorar.

Grêmio e América de Cali ficaram no 1 a 1. O time gaúcho arrancou empate no último lance, aos 56 minutos do segundo tempo, de pênalti.

"Hoje talvez até concorde (que Grêmio não conseguiu se impor), mas não concordo que tenha sido em vários jogos. Hoje, realmente, o Grêmio não esteve bem (...) Por outro lado, é difícil toda hora você ter quatro ou cinco (jogadores) diferentes em campo. O entrosamento não é o mesmo. A gente sabe que precisa melhorar. Todo mundo tem que melhorar. Qual time não precisa melhorar? Qual time está destoando? Só o Flamengo. Não seria o Grêmio, com todos os problemas que a gente vem tendo, com Covid-19, departamento médico cheio, cada partida uma escalação com quatro ou cinco nomes diferentes, que conseguiria ser diferente disso", declarou Renato Gaúcho.

Na sequência, o treinador resumiu a atuação ao dizer que "o Grêmio não foi o Grêmio".

"Eu concordo que o Grêmio não fez uma boa partida hoje, mas a gente conseguiu o objetivo, que era terminar em 1º lugar do grupo. Esse era o objetivo. Não adianta jogar bem todos os jogos e ficar em 2º ou não classificar. O Grêmio hoje não foi o Grêmio, mas o importante foi que conseguimos o 1º lugar na classificação", citou Portaluppi.

Futebol