PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mauro Cezar: "Inter olha o Flamengo hoje e vê um adversário mais forte"

Do UOL, em São Paulo

23/10/2020 12h12

Classificação e Jogos

Líderes do Campeonato Brasileiro com 34 pontos e a diferença apenas no saldo de gols, Internacional e Flamengo fazem o principal jogo do fim de semana pela penúltima rodada do primeiro turno da competição, com o clube rubro-negro vindo de uma vitória com o time misto na Libertadores e o colorado tendo confirmado a sua classificação, também com reservas, mas derrotado.

No podcast Posse de Bola #67, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi e Mauro Cezar Pereira analisam as condições dos dois times para o principal confronto da 18ª rodada, além da disputa entre São Paulo e Fortaleza na definição do primeiro classificado para as quartas de final da Copa do Brasil, a busca do Palmeiras por um técnico e o Corinthians respirando após mais uma vitória apertada contra um adversário direto na briga contra o rebaixamento.

Valendo a liderança isolada do Brasileirão, Mauro Cezar afirma que o Inter olha o Flamengo como um adversário mais perigoso ao se comparar os elencos e também o momento de cada time, com a equipe de Domènec Torrent em ascensão enquanto o time de Eduardo Coudet tem mostrado uma oscilação, inclusive com um desempenho abaixo na Libertadores.

"O Flamengo é um time mais forte, é o atual campeão brasileiro, atual campeão da Libertadores, tem mais elenco. O Inter está à frente do Flamengo no saldo de gols na classificação do campeonato, mas o Flamengo é um time mais forte e em ascensão. Se por ventura o Flamengo for derrotado, eu acho que é mais factível imaginar o Flamengo tendo recuperação no campeonato do que o Inter, que já faz um esforço muito grande para ocupar essa posição", diz Mauro.

"A gente percebe isso, inclusive, no desempenho na Libertadores, que não é bom. Classificou, mas o desempenho não é bom. Ontem de novo poupou jogadores, sim, mas o desempenho não é bom, é só olhar o geral, o que o Inter apresentou na fase de grupos. Se classificou, é verdade, mas se tivesse essa chave entre os dois times, além dos dois times brasileiros, os gaúchos Grêmio e Inter, tivéssemos entre América de Cali e Universidad Católica um que desgarrasse, pontuasse mais, e outro mais fraquinho, possivelmente o Inter iria ficar fora", completa.

O jornalista também ressalta as limitações no elenco de Coudet e o fato de Dome ter um time que já vinha formado há mais tempo, mesmo tendo chegado depois ao futebol brasileiro em relação ao treinador argentino do Inter.

"O Inter tem um elenco mais curto, teve lesões importantes, perdeu jogadores de peso, é um trabalho também que está no começo com o seu técnico, assim como o do Flamengo, mas o Flamengo já tinha um elenco preparado, pronto, muito forte. O Coudet, embora tenha começado antes do Domènec, ele teve que iniciar um trabalho mais lá embaixo. Então eu acho que o Inter olha para um adversário mais forte hoje", conclui Mauro.

Sobre o confronto da Copa do Brasil entre São Paulo e Fortaleza no Morumbi, Arnaldo Ribeiro ressalta a importância da partida para as carreiras dos técnicos Fernando Diniz e Rogério Ceni, com a chance de o treinador são-paulino eliminar aquele que muitos enxergam como sua sombra no Morumbi, e o ex-goleiro de obter sua primeira vitória contra o clube no qual foi ídolo.

"É a partida mais importante sim das carreiras do Ceni e do Diniz", afirma o jornalista.

O programa também aborda as oscilações do Atlético-MG de Jorge Sampaoli, a fuga do Corinthians das últimas posições do Brasileirão e Gabriel Heinze como um dos nomes da vez no Palmeiras.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol