PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco paga um mês de salário. Clube ainda deve a funcionários e elenco

Presidente do Vasco, Alexandre Campello discursa na reinauguração do Colégio Vasco da Gama - Reprodução / Vasco TV
Presidente do Vasco, Alexandre Campello discursa na reinauguração do Colégio Vasco da Gama Imagem: Reprodução / Vasco TV

Bruno Braz e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

21/10/2020 16h47

O Vasco quitou, hoje (21), parte da dívida que tem com os funcionários e departamento de futebol. No caso dos funcionários, o clube pagou o salário referente ao mês de julho, enquanto àqueles envolvidos no futebol, o mês de agosto.

Vale ressaltar que, agora, o Cruz-Maltino deve dois meses aos funcionários e o vencimento de setembro ao elenco, além de duas parcelas do acordo de atrasados com o grupo e integrantes do departamento de futebol.

Em crise financeira, o Vasco tem tido problemas para deixar os salários em dia, o que, inclusive, tem deixado o clima nos bastidores pesado. No último dia 14, o presidente Alexandre Campello havia prometido efetuar o pagamento de parte dos atrasados em breve

"Era para um recurso desse salário ter entrado na semana passada, mas houve um problema de documentação. Isso está sendo sanado, e a nossa expectativa é de que a gente consiga pagar até sexta. Se não for na sexta, na segunda ou na terça, espero que isso seja resolvido. Nossa expectativa é muito grande de que a gente pague até sexta-feira", disse, em participação no canal "Machão da Gama".

Na noite de hoje, o Vasco encara o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, em São Januário. A equipe da Colina, que já foi líder, não se encontra em situação confortável na competição, estando com 18 pontos, apenas dois pontos acima da zona de rebaixamento.

Vasco