PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Trajano: "Para o são-paulino não teve graça nenhuma fazer 5 no Binacional"

Do UOL, em São Paulo

21/10/2020 04h00

Classificação e Jogos

O São Paulo encerrou sua participação na Libertadores goleando o Binacional, do Peru, por 5 a 1, para assegurar a classificação para a Copa Sul-Americana com o terceiro lugar no grupo após a definição na rodada anterior da eliminação da competição da qual tem três títulos e acabou sem chances de ir ao mata-mata justamente por uma derrota para a equipe peruana na primeira rodada.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL, os jornalistas José Trajano e Menon, além do comentarista e ex-jogador Ricardo Rocha comentam com a apresentação de Isabella Ayami o fim da campanha são-paulina na competição sul-americana, com vitória, mas um sabor amargo pela eliminação antecipada.

"Olha, para ganhar do Binacional pode ser na altitude, debaixo d'água, foi um dia completamente infeliz do São Paulo, porque não dá para perder desse time em nenhuma condição climática, de problema respiratório ou sei lá o quê, porque é muito ruim, é muito fraco, é muito nada. O Ricardo falou que qualquer time da Série A ganharia e até abriu para a Série B, eu abriria até o nível Série C do Campeonato Brasileiro, até Série D, porque tem jogadores ali", diz José Trajano.

Trajano lembra que o São Paulo só chegou na situação do jogo de ontem por causa da derrota para o Binacional no Peru, resultado que o time brasileiro não poderia ter nem mesmo na altitude, na opinião do jornalista, devido à fraqueza do adversário.

"Temos que analisar o seguinte, esse jogo foi a despedida do São Paulo da Libertadores, então esse jogo tem um marco histórico, o São Paulo hoje jogou com o Morumbi vazio por causa da pandemia contra um time fraquíssimo, que é o último colocado do grupo, mas se viu como despedida do São Paulo da Libertadores, é um marco histórico na vida do São Paulo. E por que saiu da Libertadores? Porque perdeu aquele jogo", diz Trajano.

"Ninguém pode perder ponto quando está numa Libertadores para um time do nível do Binacional, você tem que contar com aqueles três pontos garantidos. Na hora em que você perde do Binacional, a sua vida fica muito complicada e a do São Paulo foi se complicando, se complicando e se complicou de vez. Para a torcida do São Paulo, eu imagino que esse jogo de hoje não teve graça nenhuma, porque fazer 5 no Binacional é obrigação e que não pode tomar gol, então a torcida tinha um lado de muita frustração vendo o seu time", conclui.

O Fim de Papo volta a ser apresentado hoje depois dos jogos do Flamengo e do Palmeiras pela Copa Libertadores, além do duelo entre Vasco e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro.

Futebol