PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Sem inscrição por pena na Fifa, Angulo pode trocar Cruzeiro pelo Botafogo

Iván Angulo sequer foi inscrito para segunda passagem pelo Cruzeiro e pode deixar o clube - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Iván Angulo sequer foi inscrito para segunda passagem pelo Cruzeiro e pode deixar o clube Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Guilherme Piu e Thiago Ferri

Do UOL, em Belo Horizonte e São Paulo

21/10/2020 13h54

O atacante colombiano Iván Angulo pode deixar o Cruzeiro sem sequer ter jogado em sua segunda passagem pelo clube. Ainda sem ser inscrito, e, consequentemente, sem condições de jogar por causa da punição que a Raposa recebeu na Fifa [dívida com o Zorya-UCR], Angulo interessa ao Botafogo.

A saída de Angulo é tratada pelo empresário do jogador, o Palmeiras, detentor dos direitos econômicos do colombiano, e o Cruzeiro, que tem contrato de empréstimo com o atleta até fevereiro do ano que vem, quando também termina o Campeonato Brasileiro da Série B.

A informação do interesse do Botafogo em Angulo foi antecipada pelo jornal carioca O Dia e confirmada pelo UOL Esporte.

O Cruzeiro foi procurado pela reportagem para tratar do assunto, mas ainda não respondeu aos questionamentos do UOL.

Mudanças

Após a vitória por 1 a 0 em cima do Operário, pela 17ª rodada da Série B, ontem (20), o técnico cruzeirense Luiz Felipe Scolari indicou que dos três jogadores que aguardam inscrição [além de Angulo os meias Giovanni Piccolomo e Matheus Índio] apenas um deve ser inscrito inicialmente.

Desde setembro o atacante Angulo trabalha na Toca II esperando uma definição quanto ao banimento de transferências sofrido pelo Cruzeiro por punição da Fifa, ainda pela dívida da compra de Willian Bigode, em 2013, e a falta de pagamento aos ucranianos do Zorya. A Raposa aguarda o fim da punição, tendo em vista que com a ajuda de um parceiro quitou mais de R$ 7 milhões recentemente.

Angulo se recupera de uma lesão muscular e está em tratamento nas dependências do CT celeste.

A história de Angulo no Cruzeiro é muito curiosa. Contratado em março de 2020, o jogador disputou apenas um jogo com a camisa celeste, contra a URT, em 26 de julho, pela décima rodada do Campeonato Mineiro. Na ocasião a Raposa venceu por 3 a 0.

Depois disso, o Palmeiras, ainda comandando por Luxemburgo, exigiu o retorno de Angulo por causa de problemas médicos do Verdão às vésperas da final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians.

Então, o jogador retornou ao Alviverde, mas seguiu sem espaço por lá, relacionado em cinco partidas e atuando apenas por cinco minutos, justamente no primeiro duelo contra o Timão, na decisão do Paulistão. Daí, foi novamente emprestado ao time celeste, onde está até hoje, mas sem entrar em campo por um minuto sequer.

O Palmeiras investiu mais de R$ 11,5 milhões na compra de Angulo, valor pago ao Envigado, em junho de 2019, para adquirir 70% dos direitos econômicos do atacante.

Cruzeiro