PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Neymar repete estilo driblador, mas é visto como pior do PSG em derrota

Neymar em ação na estreia do PSG na Liga dos Campeões, contra o Manchester United, no estádio Parque dos Príncipes - Aurelien Meunier/PSG
Neymar em ação na estreia do PSG na Liga dos Campeões, contra o Manchester United, no estádio Parque dos Príncipes Imagem: Aurelien Meunier/PSG

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris (França)

21/10/2020 04h00

A derrota do Paris Saint-Germain por 2 a 1 para o Manchester United, no Parque dos Príncipes, na noite de terça-feira, na estreia da Liga dos Campeões, teve Neymar como um dos piores jogadores em campo segundo avaliação da imprensa francesa. Individualmente, o camisa 10 do PSG repetiu o mesmo estilo driblador dos últimos jogos pelo clube e com a seleção brasileira, mas o desempenho também ficou marcado pelo excesso de bolas perdidas.

O jornal esportivo francês L'Équipe contou em 27 o número de bolas perdidas por Neymar. O número é uma somatória de passes errados e tentativas de dribles inconcluídas. O jornal deu nota 4 para o brasileiro em campo - a mesma atribuída a Mbappé - e disse: "partida insuficiente da estrela brasileira. O maior perdedor de bola em campo e sem influência no jogo como o habitual. Cobrou o escanteio do gol, deu um chute perigoso nos minutos finais e levou um amarelo".

Já o jornal Le Parisien coloca Neymar como o pior em campo com a nota 3.5 - Mbappé ficou com a nota 4.

"Ele complicou sua vida durante o primeiro tempo com escolhas de passe e tentativas de mano a mano questionáveis. Que pena, pois quando ele jogou de forma simples o jogo de Paris melhorou" criticou o veículo parisiense.

De acordo com estatísticas da UEFA, Neymar foi o jogador mais acionado em campo ao receber 62 passes. Foram sete dribles no total, em números semelhantes ao de grandes atuações. Na vitória por 2 a 1 contra o Atalanta, nas quartas de final da edição passada da Liga dos Campeões, por exemplo, o camisa 10 foi visto pela mídia francesa como o melhor em campo e teve 9 dribles.

Para a plataforma Whoscored, que analisa o desempenho dos jogadores com base nas estatísticas do que eles produziram em campo, Neymar teve a nota 6.75. Entre os titulares do PSG, Kimpembe (5.94), Florenzi (6.20) e Di Maria (6.6) tiveram avaliações inferiores. Já Mbappé foi o melhor com a nota 7.12.

Internamente no PSG, a análise é de que Neymar ainda sofre fisicamente por conta das viagens com a seleção brasileira na semana passada. O jogo contra o Peru fora de casa em que o camisa 10 marcou três gols na vitória por 4 a 2 é avaliado como extremamente desgastante. Por conta disso, Tuchel já tinha poupado o brasileiro da partida contra o Nimes na sexta-feira passada.

Na mídia francesa quem também foi bastante criticado pela derrota foi o treinador Thomas Tuchel. Em sua entrevista após o jogo, o alemão apontou um episódio curioso de aparente desânimo do grupo no vestiário.

"O clima no vestiário antes da partida estava calmo demais. Tive uma sensação estranha. Normalmente, ouvimos muita música, com um volume muito alto. Não foi assim hoje", comentou Tuchel ao explicar as razões da derrota.

Futebol