PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Barcelona: representantes de atletas não vão a reunião sobre corte salarial

Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona, quer cortar salários de funcionários do clube - Urbanandsport/NurPhoto via Getty Images
Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona, quer cortar salários de funcionários do clube Imagem: Urbanandsport/NurPhoto via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

21/10/2020 10h48

Marcada para a manhã de hoje, uma reunião dentro do Barcelona sobre a redução salarial do quadro de funcionários do clube aconteceu de maneira esvaziada.

O motivo foi a ausência dos representantes dos jogadores dos times principal e B do Barça - além dos próprios atletas, que segundo o As, são responsáveis por 70% do gasto com folha de pagamento de todo o clube.

A maior parte do elenco, ainda de acordo com o jornal, não aceitou o corte de cerca de 30% proposto pela diretoria. Eles sustentam que a negociação não pode ser tratada no mesmo contexto dos outros 540 funcionários esportivos da entidade.

Comandada pelo presidente Josep Maria Bartomeu, a alta cúpula do clube, por sua vez, quer um acordo conjunto, garantindo que as negociações não sejam contestadas na Justiça futuramente.

Alguns atletas, no entanto, não concordam com a maioria e aceitaram reduzir seus vencimentos. Foi o caso de Ter Stegen, Piqué, Lenglet e De Jong, que assinaram uma renovação ontem.

Barcelona