PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Na Europa tinha perdido a alegria de jogar", diz Higuaín, hoje na MLS

Higuaín comemora gol do Inter Miami contra o New York Red Bull; argentino se mostrou aliviado por estar nos EUA - Mike Stobe/Getty Images
Higuaín comemora gol do Inter Miami contra o New York Red Bull; argentino se mostrou aliviado por estar nos EUA Imagem: Mike Stobe/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/10/2020 07h36

Há um mês atuando no futebol norte-americano, o atacante Higuaín revelou que a saída da Europa foi providencial para que ele retomasse a alegria de jogar futebol.

Em entrevista ao "The Golazo Show", podcast da CBS, o argentino que atuava na Juventus ainda elogiou a MLS (principal liga de futebol dos EUA) e revelou motivos para assinar com o Inter Miami, time controlado pelo ex-jogador David Beckham que também contratou Federico, irmão de Higuaín.

"Sempre tive curiosidade de jogar neste campeonato e queria me juntar ao meu irmão. Já vi muitos atacantes e jogadores de nível se mudarem para cá. Foi uma situação interessante. Eu queria ter ainda menos pressão da mídia, esse é um campeonato que está crescendo, um bom lugar para terminar minha carreira", falou o atleta de 32 anos, que também passou por gigantes europeus como Real Madrid e Chelsea nas últimas temporadas.

Ele abordou que a menor pressão foi um diferencial para se mudar para os EUA. "O Inter de Miami me deu todas as oportunidades. Estou feliz e espero que seja o começo de uma boa experiência, quero me divertir como quando era jovem. Na Europa tinha perdido a alegria de jogar por diferentes circunstâncias, sobretudo pela alta pressão", revelou o jogador ao podcast.

Por fim, Higuaín afirmou que não tem planos para pendurar as chuteiras, mas que se sente motivado para jogar por algum tempo.

"Não sei quando vou parar, vamos ver o quanto o corpo aguenta então é algo que você sente por dentro. Enquanto eu sentir aquele fogo, continuarei jogando. Agora me sinto motivado e tenho grandes expectativas neste novo time, fico feliz em dar minha contribuição para que ele cresça."

Futebol