PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Juca: "Se fosse a tia Leila, eu apostaria mais no Ceni do que em Ramírez"

Do UOL, em São Paulo

19/10/2020 17h11

O Palmeiras se aproxima de contratar o técnico espanhol Miguel Angel Ramírez, do Independiente Del Valle, para substituir Vanderlei Luxemburgo no comando do time, tendo enviado dirigentes ao Equador em avião da patrocinadora Crefisa para tentar garantir o acerto para a sequência da temporada.

No podcast Posse de Bola #66, Juca Kfouri defende que com os treinadores estrangeiros comandando os três clubes que lideram o Campeonato Brasileiro, a escolha por um técnico de outro país é lógica, mas ele defende que a escolha do clube deveria ser Rogério Ceni, quem acredita que poderia dar uma resposta mais rápida no time palmeirense.

"Eu tenho só uma alternativa no Brasil, se eu não sou o Fortaleza, em relação a um técnico brasileiro: se chama Rogério Ceni. Eu, se fosse a tia Leila, fazia uma proposta indecorosa, entenda, no sentido financeiro, evidentemente, para o Rogerio Ceni e o traria. E quebraria essa coisa, de 'ah ele é São Paulo'. A Tia Leila é Vasco e está lá, vai ser presidenta do Palmeiras, então não é por aí, traz o Rogério Ceni", afirma Juca.

"Eu apostaria mais no Rogério Ceni do que no espanhol do Independiente Del Valle, mas ao que tudo indica é ele mesmo que foram buscar, o vice-presidente viajou, foi para o Equador, foi para Quito, para tentar trazê-lo. Eu traria o Rogério Ceni, faria um barulhão, mas um barulhaço, e acho que o Rogério Ceni daria uma resposta mais rápida do que poderá dar alguém chegando de fora para tomar conta do Palmeiras", completa.

Em relação a contratar técnicos estrangeiros, Juca diz que a simples constatação de que os três melhores times do Campeonato Brasileiro são treinados por treinadores de outros países faz com que seja válida a busca do Palmeiras.

"Alguém dirá que virou modinha contratar técnicos estrangeiros. É possível que seja modinha, é possível, certamente alguns virão e quebrarão a cara, como já houve em outros casos, mas diante de uma mera constatação que o líder do campeonato tem um técnico estrangeiro, o vice-líder tem um técnico estrangeiro e o terceiro colocado também tem um técnico estrangeiro, por que eu não vou buscar um técnico estrangeiro?", conclui o jornalista.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol