PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bastidores do Grêmio: Cerro não cede e negócio por Churín "esfria"

Pedro Vale/AGIF
Imagem: Pedro Vale/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

19/10/2020 21h12

As negociações entre Grêmio e Cerro Porteño por Diego Churín esfriaram. O clube paraguaio não cedeu em relação ao valor e condições de pagamento e as tratativas ficaram em espera. Segundo apurou o UOL Esporte, ainda há chance de acerto pela vontade do jogador.

Aos 30 anos, Churín tem contrato até a metade de 2021 em Assunção. O Grêmio chegou a sinalizar com oferta salarial que agrada ao atacante, mas não conseguiu avançar em termos financeiros com os dirigentes do Cerro. Por isso, o clube gaúcho já busca outras opções.

Futebol